Qatar 2022: Portugal e Itália, no mesmo grupo de playoffs do Mundial | Esportes

Cristiano Ronaldo, após o último duelo com Portugal contra a Sérvia.PATRÍCIA DE MELO MOREIRA (AFP)

O status de campeão europeu é de pouca ou nenhuma utilidade no complicado e sinuoso caminho para a Copa do Mundo. A Itália conhece bem —que foi coroada no verão passado— e Portugal, seu antecessor em 2016, conhece bem. Mais do que tudo, porque pelo menos um dos dois (ou talvez ambos) ficará de fora da Copa do Mundo do Catar 2022 nesta fase de qualificação. Esse foi o veredicto do sorteio realizado nesta sexta-feira pela FIFA no novo formato de play-off europeu para a Copa do Mundo.

As 12 equipes classificadas —que são os 10 países que terminaram em segundo lugar nos grupos europeus mais outros dois selecionados no ranking da Liga das Nações 2020-2022— participarão de três sorteios diferentes com duas semifinais e uma final. partida única para determinar as três equipes que completarão a cota europeia para a próxima Copa do Mundo. As semifinais serão disputadas nos dias 24 e 25 de março, enquanto as três finais serão nos dias 28 e 29 do mesmo mês.

Os ex-jogadores Tiago Mendes (Atlético e Porto, entre outros) e Lothar Matthäus (Bayern) foram os responsáveis ​​pelo sorteio, por certificar um empate que será um caminho envenenado para as duas equipas mais poderosas que ficaram de pé mas ainda sem Passe da Copa do Mundo. Talvez seja ainda mais complicado para o azurra porque se eles passarem a rodada e eliminarem a Macedônia do Norte como locais, eles jogariam o salvo-conduto de uma partida em outro campo. Ou seja, os campeões europeus podem jogar para ir ao Mundial no feudo de Cristiano Ronaldo, se os portugueses se livrarem da Turquia antes, também em casa.

Penalizadas por uma fase de grupos discreta e inconclusiva (Portugal caiu contra a Sérvia no último dia para terminar em segundo no grupo; e a Itália não conseguiu com uma Suíça em ascensão), ambas as equipes terão que superar uma primeira rodada antes de se enfrentarem. A Itália vai receber a Macedônia do Norte, que perdeu na fase de grupos para a Alemanha – embora tenha vencido em uma das duas partidas; começo do fim para o treinador Joachim Löw, que foi sucedido com sucesso por Hansi Flick – mas superou outros países como a Romênia. Portugal vai defrontar a Turquia, que perdeu a batalha contra a Holanda, mas deixou de lado uma equipa como a Noruega.

A fortuna, em todo caso, deu as costas à Itália. Embora o fator campo tenha sido favorável às equipes que tiveram melhor desempenho na fase de grupos, o mesmo não acontece com as sedes das finais, que foram decididas por sorteio. E aí Portugal venceu sem jogar, que receberia a equipa italiana na hipotética final. Um pesadelo para azurraque poderia ficar de fora da Copa do Mundo pela segunda vez consecutiva, já que não selou seu passe para a Rússia 2018.

Em outra das tabelas, o País de Gales enfrentará a Áustria, duelo indicado porque Gareth Bale jogará as castanhas contra seu companheiro de equipe David Alaba. O país que passar pela rodada —que terá o fator campo a seu favor— enfrentará o vencedor da Escócia-Ucrânia.

E na última foto aparece a figura de Robert Lewandowski, atacante do Bayern com olfato dotado – em 12 jogos na Alemanha e com 14 gols nesta Liga – que não quer perder a Copa do Mundo com o escudo polonês no peito. Para isso, ele terá que vencer a Rússia em casa, equipe que perdeu a corrida da fase de grupos por um ponto para a Croácia de Modric. Para seu alívio, caso vencessem a rodada, o empate determinou que a Polônia jogaria em casa contra a vencedora da Suécia – uma equipe que quase enrubesceu a Espanha – e da República Tcheca.

As equipas europeias qualificadas já os esperam no Qatar: Alemanha, Inglaterra, França, Bélgica, Holanda, Sérvia, Dinamarca, Suíça, Croácia e Espanha.

Você pode acompanhar o EL PAÍS DEPORTES em Facebook S Twitterou cadastre-se aqui para receber nosso boletim semanal.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.