Formação Brasil x Sérvia para a Copa do Mundo Qatar 2022: escalação, reservas e convocação

A equipe comandada por Tite é uma das principais candidatas ao título, algo que não conquistava desde 2002.

Brasil iniciar a sua participação no Copa do Mundo Catar 2022 enfrentando seu semelhante sérvio enquadrado no Grupo G, que também inclui Camarões e Suíça. o Scratch, a combinação este mais títulos detém e o único que disputou cada uma das 21 edições da Copa do Mundoé um dos principais favoritos ao título, algo que não conquistava desde 2002. Na última versãoón foi eliminado nas mãos da Bélgica nas quartas de final, então tentará arrebatar o título da França no torneio do Oriente Médio com um time cheio de estrelas.

As Águias Brancas, entretanto, enfrentam no máximo a sua 14ª intervenção (até 1990 participaram como parte da Jugoslávia) e em apenas nove não estiveram presentes. Suas melhores atuações foram o terceiro lugar em 1934 e 1962. E, graças ao seu treinador Dragan Stojkovico alvo em solo asiático seruma acessar às oitavas de final, rodada que não alcançava desde a França 1998.

Vale lembrar que o elenco comandado por Tite conseguiu passagem para território árabe graças a uma campanha superlativa ao longo das Eliminatórias Sul-Americanas em que foram os primeiros com 45 pontos, resultado de 14 vitórias e três empates. Enquanto a seleção europeia garantidaou sua presença depois de liderar sua zona e enviar o Portugal de Cristiano Ronaldo para os playoffs.

Ao todo, o disputa canarinhaou 109 partidas em Copas do Mundo, nas quais venceu 73, empatou 18 e perdeu outras 18. Enquanto os encarnados somam 46 jogos, com registo de 18 vitórias, oito empates e 20 derrotas.

O cartel entre os dois marca cinco confrontos na competição com duas vitórias, dois empates e uma derrota. A última data da primeira jornada de 2018, com o Verdeamarela a festejar 2-0 graças às conquistas de Paulinho e Thiago Silva.

A tabela de posições dos grupos na Copa do Mundo

Outro plano de fundo:

  • O Brasil venceu os dois últimos encontros com a Sérvia, incluindo o da fase de grupos da última Copa do Mundo da FIFA (2 a 0, junho de 2018). A outra foi uma vitória por 1 a 0 em um amistoso em junho de 2014.
  • O Brasil é a única seleção que participou de todas as Copas do Mundo da FIFA desde sua primeira edição em 1930; esta será sua 22ª participação.
  • O Brasil está invicto nas últimas 15 partidas da fase de grupos da Copa do Mundo, com 12 vitórias (D3), sendo a última derrota na fase de grupos em 1998 contra a Noruega. De fato, o Brasil foi o primeiro do grupo na primeira fase em todas as Copas do Mundo desde 1982, e a última vez que não passou da primeira fase foi em 1966.
  • Além de vencer cinco Copas do Mundo da FIFA, o Brasil somou mais internacionalizações (73) e tem a melhor taxa de vitórias (67% – 73 vitórias em 109 partidas) de qualquer seleção na história do torneio.
  • Incluindo 2022, a Sérvia se classificou para quatro das últimas cinco Copas do Mundo da FIFA, falhando apenas em 2014. No entanto, desde o início deste recorde em 2006, perdeu sete das nove partidas da Copa do Mundo (2V), a maior derrota de qualquer time europeu, com apenas a Austrália (8) perdendo mais entre todos os países.
  • Como país independente, a Sérvia foi eliminada da fase de grupos em todas as três participações em Copas do Mundo (2006, 2010, 2018). A última vez que chegaram às oitavas de final foi em 1998, como FR Iugoslávia.
  • A Sérvia não perdeu nenhuma das oito partidas da fase de grupos nas eliminatórias para a Copa do Mundo (V6 E2), a primeira vez invicta na fase de grupos para se classificar para um grande torneio (Copa do Mundo / Copa da Europa) desde a qualificação para a Copa do Mundo de 2006 (10P 6V 4E).
  • Desde sua estreia na Copa do Mundo da FIFA em 2014, Neymar esteve envolvido em 42% dos 19 gols do Brasil no torneio (6 gols, 2 assistências).
  • No comando desde junho de 2016, Tite se tornará o primeiro técnico a levar o Brasil a duas Copas do Mundo da FIFA consecutivas desde Telê Santana em 1982 e 1986.
  • Apenas Memphis Depay e Harry Kane (12 golos) marcaram mais golos que o sérvio Aleksandar Mitrovic (8 em 8 jogos) na fase principal da qualificação europeia para o Mundial de 2022, excluindo play-offs. Entretanto, nenhum jogador deu mais assistências do que o compatriota Dusan Tadic (6 em ​​8 jogos).

BRASIL

Goleiros: Alisson Becker, Weverton, Ederson Moraes.

Defensores: Marquinhos, Thiago Silva, Eder Militao, Danilo, Daniel Alves, Alex Sandro, Alex Telles, Bremer.

Meio-campistas: Casemiro, Fred, Lucas Paquetá, Fabinho, Bruno Guimarães, Everton Ribeiro.

Encaminhar: Neymar, Raphinha, Richarlison, Vinícius Junior, Rodrygo Goes, Pedro, Gabriel Jesus, Antony, Gabriel Martinelli.

SÉRVIA

Goleiros: Vanja M. Savic, Predrag Rajkovic, Marko Dmitrovik.

Defesas: Milos Veljkovic, Strahinja Pavlovik, Strahinja Erakovic, Nikola Milenkovic, Stefan Mitrovic, Filip Mladenovic, Srdan Babic.

Meio-campistas: Nemanja Gudelj, Sergej Savic, Sasa Lukic, Filip Kostic, Uros Racic, Ivan Ilic, Andrija Zivkovic, Darko Lazovik, Nemanja Maksimovic, Marko Grujic.

Encaminhar: Aleksandar Mitrovic, Filip Duricic, Nemanja Radonjic, Luka Jovic, Dusan Tadic, Dusan Vlahovic.

BRASIL

Alisson Becker; Danilo, Silva, Marquinhos, Alex Sandro; Fred, Casemiro, Lucas Paquetá; Raphinha, Neymar, Vinícius Júnior. DT: Tite.

SÉRVIA

Predrag Rajkovic; Nikola Milenkovic, Stefan Mitrovic, Strahinja Pavlovic; Darko Lazović, Nemanja Gudelj, Sergej Milinković-Savić, Dušan Tadić, Filip Kostić; Dušan Vlahović, Aleksandar Mitrovic. DT: Dragan Stojkovic.

Banco: A confirmar.

Qual postagem você mais gostou?

4056 votos

Obrigado por votar

Os resultados aparecerão em breve.

Qual postagem você mais gostou?

  • 53%Real Betis
  • 10%são paulo
  • 5%cremonês
  • 25%ajax
  • 6%Burnley

4056 votos

Miranda Pearson

"Organizador. Introvertido. Fanático certificado pela internet. Beeraholic. Fã de álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *