estão à procura da mãe e podem estar em Portugal

Os Mossos d’Esquadra procurando a mãe por Bastian Riera Trindadeos cinco anos desapareceu em Barcelona há um mês e de que ainda não há notícias, num alegado caso de sequestro parental. Agora a associação Desaparecimentos SOS divulgou uma imagem do rosto da mãe, que supostamente levou a criança, e algumas das notícias e hipóteses sobre este caso foram reveladas.

Em 27 de maio, foi divulgado que os Mossos d’Esquadra estavam investigando a desaparecimento de um menino de cinco anos, Bastian Riera Trindade, na cidade de Barcelona. O desaparecimento ocorreu há quase um mês, no dia 6 de maio, e a denúncia, apresentada pelo pai, foi dois dias depois. Desde então, porém, não não houve notícias da criança ou de sua mãe.

Suspeitam que a mãe tenha fugido em Portugal com o menor

Joaquín Amills, presidente da SOS Desaparecido, explicou à Telecinco algumas das hipóteses que as autoridades têm sobre este caso. Segundo ele, embora as autoridades não descartem que tanto a mãe quanto a criança ainda possam estar na Espanha, a principal hipótese é que a mulher a levou em Portugalespecificamente na área de Setúbal, cidade localizada a 45 minutos da capital portuguesa. Lá ela tem uma casa e, além disso, reside bem ali irmã deleentão é um hipótese muito forte. Amills também detalhou que o SUS Desaparecido está colaborando estreitamente com a Associação Portuguesa de Crianças Desaparecido para encontrar a criança o mais rápido possível.

Por esse motivo, SOS Desaparecido se espalhou por suas redes sociais uma imagem mostrando o rosto da mulherbem como a sua descrição física. A mãe da criança responde ao nome de Ana Patrícia Trindade Coelho, é de nacionalidade portuguesa e tem 39 anos. Ana Patrícia tem 1,63 centímetros de altura, é magra, cabelos castanhos compridos e olhos castanhos. Tal como no caso da criança, solicitam que quem tenha informações sobre ela ou a criança, ou as tenha visto, contacte a associação por email (info@sosdisappeared.es) ou por telefone (642 650 775 / 649 952 957) .



A associação SOS Desapareguts divulgou um cartaz com o rosto da mãe de Bastian Riera Trindade, o menino de cinco anos que desapareceu há um mês em Barcelona num suposto caso de rapto parental. O presidente da associação explicou que suspeitam que Ana Patrícia tenha levado a criança para Portugal, de onde é e onde vive a irmã. / SOS Desaparecido, Twitter

Presumivelmente, a mãe violou o regime de guarda

Conforme detalhado em ElCaso.cat quando o desaparecimento do menor foi conhecido, os investigadores seguem a linha de um caso suspeito de rapto de criança. O sequestro parental, presumivelmente, ocorreu no âmbito de uma separação e descumprimento do regime de guarda: os pais da criança haviam se separado há três anos e mantinham um regime de guarda compartilhada. Conforme detalhado por Joaquín Amills, a mãe tinha violou o acordo três vezes. Amills também afirma que a última vez que o pai teve notícias do filho foi dez dias antes do desaparecimento por meio de uma videochamada, e que já Eu não o vejo há dois meses.

O presidente da SOS desapareceu mostra muita preocupação para este caso, uma vez que se passou mais de um mês desde que o menino desapareceu junto com sua mãe e, desde então, eles não receberam nenhuma notícia sobre o andamento da investigação, exceto as principais hipóteses. O homem também contou à rede Telecinco que quando os Mossos foram ao apartamento onde Ana Patrícia morava com Bastian, no mesmo dia em que o pai fez a denúncia, encontraram uma mulher fotografando os móveis e outros objetos com o intuito de vendê-los. fato que os preocupa ainda mais neste caso, que avança lentamente.

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.