Para quantos cafés chega o mínimo na Colômbia?

Nos últimos meses, falou-se de recessões em algumas das principais economias do mundo. Nos Estados Unidos já houve dois períodos de queda do Produto Interno Bruto (PIB), e na União Europeia essa possibilidade também está se formando.

Em algumas economias definidas como emergentes, também sentiram a pressão sobre os preços ao consumidor, uma vez que o IPC atingiu máximos históricos nos seguintes países: Colômbia (10,2)%, Chile (13,1%), Peru (7,5%), Argentina (71%) e México (8,2%).

Leia também: No segundo trimestre de 2022, o PIB da Colômbia cresceu 12,6%

Para avaliar o estado da economia e os bolsos das pessoas, ele pode ser medido pelo poder de compra do dinheiro de um emprego.

Quantos cafés Starbucks podem ser comprados com o salário mínimo?

O jornal La República realizou um estudo comparando quantos lattes da marca Starbucks podem ser comprados nos principais países onde esta empresa está presente com o salário mínimo do território.

25 países foram incluídos na lista: Alemanha, Argentina, Bolívia, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, El Salvador, Espanha, Estados Unidos, França, Guatemala, Israel, Itália, Japão, México, Holanda, Panamá, Peru, Portugal, Reino Unido, República Dominicana e Uruguai.

Segundo o estudo, as pessoas com maior poder aquisitivo são as Italianos, que recebem um salário base de 2.836 euros, com o qual poderiam comprar 998,5 lattes da redeconsiderando que um copo custa 2,84 euros.

O segundo aparece Estados Unidos, onde o salário mínimo é de 2.560 dólares, com o qual você pode comprar 930 cafés que custam 2,75 dólares naquele território. Assim são os demais primeiros lugares:

  • Holanda: 556,4 lattes
  • Reino Unido: 467,6
  • Argentina: 427,2
  • Uruguai: 420,8
  • França: 416,4
  • Coreia do Sul: 416,1
  • Israel: 413,3

Por outro lado, os países onde a menor quantidade de cafés Starbucks poderia ser comprada com o salário mínimo são Bolívia (68,1), Panamá (69,2), México (71,1), El Salvador (73,7), República Dominicana (91,3) e Colômbia (91,7).

Veja também: A sanção milionária da Superindústria à Claro por propaganda enganosa

Miranda Pearson

"Organizador. Introvertido. Fanático certificado pela internet. Beeraholic. Fã de álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.