Liga Árabe adverte contra o envio de combatentes estrangeiros na Líbia

CAIRO (Reuters) – A Liga Árabe exortou os lados em conflito na Líbia nesta terça-feira a não fazerem nada que possa permitir o envio de combatentes estrangeiros para o país do norte da África e piorar seu conflito.

O conselho da Liga Árabe, seu principal órgão, reuniu-se no Cairo depois que o Egito convocou uma reunião de emergência sobre a Líbia, onde forças baseadas no leste lideradas pelo comandante militar Khalifa Haftar estão tentando tomar a capital Trípoli.

A Turquia disse que buscará apoio parlamentar para enviar tropas para a Líbia, e fontes turcas de alto escalão disseram que Ancara também está considerando enviar combatentes sírios aliados como parte do desdobramento.

O Egito é um dos principais apoiadores estrangeiros de Haftar. A Turquia apoia o governo internacionalmente reconhecido em Trípoli.

Um comunicado do conselho da Liga Árabe alertou para “a gravidade de tomar quaisquer medidas unilaterais… de forma a permitir intervenções militares estrangeiras e contribuir para a escalada e prolongamento do conflito”.

“Intervenções regionais que ajudam, entre outras coisas, a facilitar a transferência de combatentes extremistas estrangeiros de outras zonas de conflito regional para a Líbia” devem ser evitadas, afirmou.

O Egito tem exercitado seus músculos diplomáticos desde que a Turquia assinou dois acordos com o governo de Trípoli no mês passado, um sobre segurança e cooperação militar e outro sobre fronteiras no Mediterrâneo oriental.

Ambos os lados na Líbia receberam apoio aéreo estrangeiro, principalmente por meio de drones, e empreiteiros militares russos foram destacados na linha de frente para ajudar as forças de Haftar nos últimos meses, dizem diplomatas e analistas.

Reportagem de Mahmoud Mourad, edição de Aidan Lewis e Timothy Heritage

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *