Do gol da antologia de Benzema à derrota invicta há 20 jogos: a Dinamarca deu a surpresa e venceu a França em Paris

Grandes golos de Corneluis e bis na reviravolta da Dinamarca por 2-1 frente à França na UEFA Nations League

A estreia da nova edição do Liga das Nações da UEFA gerou uma grande surpresa no futebol mundial. Faltando apenas 170 dias para a Copa do Mundo de 2022 no Catar, A França perdeu em casa para a Dinamarca por 2 a 1 e quebrou uma invencibilidade de 20 jogos sem derrota.

Além da derrota, a equipe comandada por Didier Deschamps teve outra má notícia: no final do primeiro tempo, Kylian Mbappé sentiu desconforto no joelho esquerdo pelo qual teve que deixar o campo de jogo.

Foi um encontro que teve todos os temperos que se jogou no Estádio de França, mesmo cenário em que há menos de uma semana o Real Madrid foi coroado campeão da Liga dos Campeões. Após o empate sem gols aos 45 minutos, Karim Benzema apareceu em sua melhor versão para abrir o placar para os campeões mundiais.

Aos 6′ do complemento, o atacante pegou a bola no lado direito do ataque dos dinamarqueses. Assim que entrou na área, passou a bola para Nkunku e Nkunku devolveu. Assim que o 9 dos Merengues pegou a bola, escapou de dois jogadores visitantes. E quando o zagueiro Joachim Andersen apareceu para ele, ele se livrou dele com uma jogada de futsal: pisou na bola e depois finalizou sob o corpo do goleiro Schmeichel..

Golo fantástico de Benzema contra a Dinamarca

Quando tudo parecia que o início da Liga das Nações seria com uma nova vitória para os franceses, tudo mudou com a entrada do surpreendente Andreas Cornélio: a torre de 1,95 metros que milita no Trabzonspor da liga turca, colocou a igualdade após uma saída fracassada da defesa dos gauleses, que terminou aos pés do número 21.

A dois minutos do fim, outro erro da França terminou com o 2 a 1 para a equipe do Christian Eriksen. Depois de uma folga atrás do meio do campo, Cornelius disparou e segurou a marca de William Saliba para conseguir um chute muito forte que ficou entre o corpo de Lloris e o travessão.

Graças a esta perda, A França se despediu de uma longa sequência sem quedas, que a sustentava desde novembro de 2020, depois de perder por 2 a 0 para a equipe finlandesa em um amistoso. Depois desse passo em falso, conseguiu uma vitória sobre Portugal, pela Liga das Nações, e a partir daí acumulou 14 vitórias e seis empates. Uma dessas igualdades foi para a Euro 2020, na qual foi eliminado: caiu para a Suíça nos pênaltis nas oitavas de final.

Para o mesmo grupo da competição, A Áustria goleou a Croácia por 3 a 0 e ficou em primeiro lugar. Vale lembrar que o primeiro de cada zona se classificará para as semifinais e o último descerá de categoria. Na próxima segunda-feira, os gauleses visitarão os croatas no que será uma repetição da final da Copa do Mundo da Rússia 2018.

CONTINUE LENDO:

Alarme na seleção da França e no PSG: Kylian Mbappé se lesionou

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.