Coreia do Sul bate Portugal de Cristiano Ronaldo, ganha passe e elimina Uruguai

A Coreia do Sul passou para as oitavas de final e eliminou o Uruguai. (Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP via Getty Images)

Portugal e Coreia do Sul Parecia que eles haviam assinado um empate sem graça em 1 a 1, mas o herói sul-coreano apareceu, Heung Min filho. O lateral deu uma assistência “artística” para deixar o companheiro em paz, Hwang Hee-chan, que bateu o guarda-redes português. Com esse gol, eles ganharam a passagem para as oitavas de final em Catar 2022e como se não bastasse, eliminaram o Uruguai.

Nem Cristiano Ronaldo nem as estrelas portuguesas conseguiram evitar a alegria dos asiáticos. Que, embora não tenham mostrado o melhor jogo coletivo, conseguiram avançar ao vencer por 2 a 1. Bastou uma centelha de gênio de Son para derrotar Portugal e se firmar no a segunda posição do grupo H.

as arquibancadas do Estádio da Cidade da Educação pularam de alegria quando a Coreia do Sul marcou, enquanto os do Estádio Al Janoub congelaram. Uruguai, apesar de ter vencido Gana, se despediu da Copa do Mundo por não marcar o suficiente. Pouco importava o triunfo sul-americano, terminaram com 0 a 0 de diferença, a mesma da Coreia do Sul, mas com menos gols marcados: os charruas marcou 2 e os coreanos 4.

Uruguai ficou

O Uruguai ficou “congelado” após o gol da Coreia do Sul contra o Potugal. (Foto: Stu Forster/Getty Images)

O gol guardou mais emoções. Cobrou escanteio para Portugal, Pepe não conseguiu chutar para a área e saiu na lateral, pronto para o contra-ataque. Apareceu Son, que pegou a bola e saiu correndo. Ele parecia um cavaleiro solitário, ninguém o acompanhava, mesmo assim os portugueses não conseguiram detê-lo.

A estrela do Tottenham entrou na área portuguesa pela direita, enquanto seu companheiro de equipe Hwang Hee-chan mergulhou pelo centro. 3 zagueiros ficaram na frente do número 7 para impedi-lo de passar, mas não tiveram a habilidade e técnica do sul-coreano.

Sonny fez uma jogada digna dos livros de arte e aproveitou a única brecha possível para passar a bola: as pernas de Diogo Dalot. Ele jogou um “cachimbo” e Hee-chan ficou de mãos dadas contra o goleironão hesitou e marcou o 2 a 1 final.

Mas as emoções não pararam por aí. A seleção sul-coreana aguardava o resultado do jogo entre Uruguai e Gana para saber se tinha passagem para as oitavas de final ou não. Se o charruas ampliou a vantagem ficaram de fora. Tal era a tensão que os jogadores e comissão técnica se reuniram no centro do campo para assistir ao jogo pelo celular.

Finalmente a façanha foi consumada. A Seleção Uruguaia venceu os ganeses, mas não foi o suficiente para avançar para as oitavas de final. Luis Suarezuma das referências, não pôde evitar as lágrimas.

É possivelmente a última Copa do Mundo que ele jogará o atirador e não pôde dizer adeus de forma digna. Ficaram na estrada: foram precisamente os golos que não lhes permitiram avançar.

Portugal não “perdeu” nada. Eles se estabeleceram como líderes do grupo H, mas o golpe emocional de uma derrota não será fácil de digerir para o próximo jogo.

A Coreia do Sul avançou como segundo lugar contra todas as probabilidades. Agora ele buscará igualar ou melhorar seu melhor desempenho nos mundiais. Em 2002, quando sediaram, chegaram às semifinais, mas perderam para a Alemanha. Na disputa pelo terceiro lugar, contra a Turquia, também perdeu.

Se as previsões não falharem, seu rival nas oitavas de final será o Brasil, seleção que para muitos é a candidata número 1 a erguer a Copa, mas o que isso importa? Os sul-coreanos já sabem o que é “arremessar” gigantes.

VOCÊ TAMBÉM PODE ESTAR INTERESSADO EM | EM VÍDEO

Os maiores feitos em Copas do Mundo: a maior vitória, o estádio mais lotado, o que mais venceu

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *