Ter um carro na Espanha custa em média 1.044 euros por mês

o custo médio mensal de possuir um carro na propriedade em Espanha é de 1.044 euros, tendo em conta o custo do combustível, depreciação da viatura, impostos, juros, seguros e manutenção, de acordo com um estudo da LeasePlan que avaliou 22 mercados europeus.

Entre os territórios analisados, A Espanha está na sétima posição dos países mais baratos, emparelhado com a Irlanda. E é ainda mais barato em França (999 euros), Eslováquia (979 euros), Roménia (975 euros), Polónia (927 euros) e no país com custo mensal para os proprietários A Grécia é a mais baixa com 905 euros.

Os ‘dez primeiros’ de territórios com o custo médio mensal mais caro são Suíça (1.313 euros), Noruega (1.249 euros) e Holanda (1.166 euros), Seguido por, Portugal (1.160 euros)República Checa (1.144 euros), Alemanha (1.130 euros), Bélgica (1.103 euros), Áustria (1.092 euros), Reino Unido (1.081 euros) e Hungria (1.077 euros).

Para calcular o custo médio mensal, além dos fatores indicados acima, o diferente segmentos de veículos e tipos de combustível.

Também o o custo médio é calculado nos primeiros quatro anos de propriedade e assumindo uma quilometragem média anual de 30.000 quilômetros.

É mais barato ter um carro elétrico?

Uma das principais conclusões do estudo é que o custo de propriedade de um veículo elétrico é o mesmo ou mais barato do que aqueles que possuem um carro a gasolina ou diesel, mesmo apesar do aumento dos preços da energia.

Mas o relatório também aponta que o investimento inicial na compra de um veículo elétrico é maior ao de um de combustão.

“Apesar da inflação nos preços da energia, os custos de combustível permanecem significativamente mais baixos para carros elétricos do que para carros a gasolina e diesel”, destaca o estudo.

E ele continua explicando que “os custos de combustível representam 15% do custo total de propriedade de um veículo elétrico, enquanto esse percentual fica entre 23% e 28% para gasolina e diesel”.

Nessa linha, o relatório também aponta que os veículos elétricos de médio porte são mais competitivos em termos de custo do que os veículos a combustão em 19 dos 22 países Os europeus analisaram, enquanto os elétricos compactos e os “elétricos premium” estão em 18 países.

“Os veículos elétricos são a melhor maneira de proteger os motoristas dos custos de combustível disparados”, disse o CEO da LeasePlan, Tex Gunning.

Que continua avaliando como lamentável que os governos estejam se retirando muito cedo, em sua opinião, incentivos para veículos elétricosmesmo em países com metas ambiciosas de emissão zero.

“Essa atitude de proibição sem planejamento terá consequências desastrosas para o combate às mudanças climáticas. Precisamos de políticas consistentes de longo prazo que garantam que os veículos elétricos sejam a primeira escolha para todos os motoristas”.

Miranda Pearson

"Organizador. Introvertido. Fanático certificado pela internet. Beeraholic. Fã de álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *