o que ele faz e por que é tão temido?

Alexandre Sepúlveda 5 minutos
Fragata Portuguesa
Desde uma simples mancha vermelha na pele até uma parada cardiorrespiratória, entre outros, são os efeitos que a toxina desse animal pode causar, em contato com pessoas.

o temido Fragata Portuguesa (Physalia physalis) concorda Retornar em parte do costa chilena. Na verdade, até agora, A autoridade já decretou o fechamento provisório de praias nas regiões de Coquimbo S Valparaíso na presença de um número significativo desses espécimes.

o encerramento das praias implica a proibição de banhos e a restrição de atividades no marapenas no período de maior número de visitantes no horário de verão. esses espécimes tendem a ser confundidos com águas-vivas, mas não são.

Segundo o Centro de Informação Toxicológica da Universidade Católica (Cidade), a Fragata Portuguesa gerar cinco tipos de sintomas: cutâneo (erupções cutâneas, edema); gastrointestinal (náuseas, vômitos); neuromuscular (cólicas, espasmos); neurológico (confusão, dor de cabeça, tontura) e cardio-respiratório (broncoespasmo, arritmia, dispnéia).

Uma picada “pode causar qualquer coisa, desde uma simples reação alérgica até um parada cardiorrespiratória e morte subsequente de uma pessoa”, detalha o Dr. Juan Carlos Ríos, diretor do Cituc.

então prejudicial é que a Organização Mundial da Saúde (WHO) inclui-o na lista de “espécies perigosas” para a saúde humana e invertebrados venenosos nas Diretrizes para Ambientes Seguros em Águas Recreativas.

Perigoso morto ou vivo

“Foi identificado que contato com a pele, tentáculos da Fragata Portuguesa geram sérios danos à saúdequer com cópias morto ou vivo. Os sintomas descritos correspondem a uma dor intensa (como uma queimadura), Problemas respiratóriose até mesmo Paradas cardíacas”, detalha o página do Ministério da Saúde.

No Chile “houve Avistamentos de fragatas portuguesas. Esses eventos apresentam uma grande variabilidade em termos de ocorrência e número de espécimes detectados, o que pode estar relacionado ao direção e velocidade do vento, temperatura da superfície do mar e outros fatores ambientais isso dificulta o desenvolvimento de modelos preditivos para antecipar sua presença”, diz o Minsal.

Antes de tudo, cautela

“Seus tentáculos eles podem medir até 10 metros. Então, quando uma pessoa entra na água e é picado, o que ele tende a fazer é fugir; mas naquele momento Em vez de resolver o problema, pode agravá-lo.já que pode emaranhar os tentáculos e isso pode significar que as vítimas têm um aumento de lesões. Nesse sentido, a picada pode variar de intensidade e seus sintoma pode ser também diferente”, detalha o Dr. Juan Carlos Ríos.

Então o principal é evitar. Estas são as recomendações compartilhadas pelo Ministério da Saúde:

  • Não tome banho ou brinque na água.
  • Nunca toque na Fragata Portuguesa, nem no mar nem na praia; uma vez que são tóxicos, mesmo que estejam mortos.
  • Se você caminhar na areia, proteja-se usando roupas e sapatos.

O que fazer antes de uma mordida?

Não tente remover os tentáculos manualmente. Para isso deve-se usar luvas ou alicate. Quando uma presa entra em contato com sua superfície, os nematocistos se abrem e o filamentos são ejetados para pregá-lo injetando o veneno com substâncias tóxicas. O mesmo processo ocorre quando uma pessoa entra em contato com os tentáculos. Apenas um alguns milímetros podem ter milhões de nematocistos”, revela Ríos no página medicina.uc.cl.

O mais importante é transferir a pessoa para um centro de saúde para avaliar o seu estado de saúde e retirar os tentáculos. Não é recomendado agir sem conhecimento específico.

Também não é recomendado lavar com água fria, use as toalhas ou mesmo areia para tentar remover os tentáculos, pois isso também aumentará a liberação de toxinas. Usualmente, qualquer pessoa que é picada para esta espécie você precisa ir a uma sala de emergência imediatamente.

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *