Mais de 150 surfistas vão competir na 35ª edição do Abanca Pantín Classic Galicia Pro – Sports Surf em Ferrol

Contagem regressiva para a edição mais aguardada do ABANCA PANTINE CLASSIC GALICIA PRO 2022que deixa para trás as restrições da pandemia e comemora 35 anos com uma programação especial e ampliada.

Mais de 150 surfistas de todo o mundo já estão inscritos para uma competição que começa a seguir sábado, 9 de julho e se estende até a série final (16 e 17) e que combina o campeonato do circuito internacional com uma prova específica para atletas de surf adaptado com um campeonato galego para jovens promissores.

surfistas da estatura de Joan Duru (Bayona, 1989), recente Campeão do Mundo em 2021 nos ISA World Surfing Games 2021 realizados em El Salvador com a equipa francesa, ou portuguesa Teresa Bonvalot (Cascais, 1999) estará na fábrica de ondas Pantín, juntamente com Adur Amatriainvencedor na categoria masculina no ano passado.

Será um luxo poder ver o muito jovem taitiano na água Kauli Vaastreferência no surf de ondas grandes com apenas 20 anos, e sua irmã, Aelan Vasto, que volta a Ferrolterra algumas semanas depois de conquistar a vitória em Doniños no Cabreiroá Junior Pro Ferrol, além de levar o prêmio de melhor onda do campeonato. Resta que a previsão do sol esteja conosco e o mar responde para oferecer um espetáculo irrepetível em nossa região e, sem dúvida, um dos eventos mais marcantes do verão galego.

OS SURFISTAS DA GALIZA COMPETEM 4 WILDCARDS PARA A COMPETIÇÃO PRINCIPAL PARA SE MEDIR COM SEUS ÍDOLOS

Além de poder ver o surf de alto nível da mão dos melhores do mundo, a 35ª edição do ABANCA PANTINE CLASSIC GALICIA PRO abre as ondas ao talento galego com o campeonato galego. É uma competição aberta, a partir dos 16 anos com o prazo ainda em aberto e na qual participam cerca de sessenta atletas nas duas categorias.

Os quatro melhores, ou seja, os dois primeiros classificados -duas meninas e dois meninos-, obterão um curinga ou convite direto para a competição principal onde poderão se misturar e competir com seus ídolos e referências do surf mundial, explica Román Díez, da Federação Galega de Surf, que agora tem mais de 3.000 licenças.

Entre os nomes de destaque para este verão estão os de Claudia Prieto, Lola Bermúdez e Lucía Martínez, ou os de Juan e Martín Fernández ou Iván Rodríguez.

A competição galega será de 9 a 11, coincidindo com as provas de surf inclusivo e adaptado em que participam mais de 33 atletas com deficiência dos Estados Unidos, Canadá, Argentina, França ou Portugal.

Da Secretaria Geral do Desporto Galego, José Ramón Lete Lasa destaca o compromisso decisivo do Governo galego em mimar o desporto desde a base até à competição. Uma fórmula que ABANCA PANTINE CLASSIC GALICIA PRO Combina perfeitamente ao combinar esporte inclusivo, promoção da base com um evento internacional de primeira classe que serve de vitrine para a costa galega e seu enorme potencial para esportes aquáticos. “Esta aposta no desporto é uma aposta numa Galiza mais saudável, com melhor qualidade de vida, mais igualitária, inclusiva, competitiva e melhor”.

Resta que a previsão do sol esteja conosco e o mar responde para oferecer um espetáculo irrepetível em nossa região e, sem dúvida, um dos eventos mais marcantes do verão galego. O cenário ideal para um 35º aniversário.

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.