Israel detecta primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

Escrito em GLOBAL a

Jerusalém.- Israel detectou um primeiro caso suspeito de varíola em um homem que retornou recentemente ao país vindo da Europa Ocidental, disse o Ministério da Saúde de Israel.

“Um homem de 30 anos se apresentou ao hospital Ichilov, em Tel Aviv, com sintomas sugestivos de varicela após ser exposto a um paciente com varicela no exterior”, disseram autoridades de saúde na noite passada.

O seu estado clínico é bom, mas foi hospitalizado para realizar uma investigação epidemiológica com base em amostras que serão enviadas ao Instituto Biológico para confirmação do diagnóstico, disse o ministério.

“As informações das autoridades dos países onde os pacientes foram descobertos nos últimos dias indicam que há muitos casos entre homens da comunidade LGBTI, mas não apenas da comunidade”, segundo o comunicado da Saúde.

As autoridades de saúde já anunciaram que estão tomando precauções contra a possível propagação da varíola e instruíram a equipe médica a ficar atenta a esses sintomas, enquanto agora pedem aos que retornam do exterior com febre e erupções cutâneas que procurem seu médico o mais rápido possível. possível.

Nas últimas semanas, casos de varíola foram detectados na França, Bélgica, Alemanha, Itália, Espanha, Portugal e Suécia; e o diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Europa, Hans Kluge, alertou que os casos podem disparar à medida que entramos na temporada de verão.

No momento, os casos detectados desse tipo de varíola não são graves e os sintomas geralmente desaparecem após quatro semanas.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.