A mais esperada Feira de Almería regressa em plenitude de 19 a 27 de agosto – Almería

A Feira de Almería mais esperada dos últimos anos está chegando em alguns dias. De 19 a 27 de agostoa cidade de Almería mostrará toda a sua alegria e hospitalidade nas festividades em honra da Padroeira, a Virgem do Mar, numa edição que volta à normalidade após dois anos marcados pela pandemia. A autarca em exercício, María del Mar Vázquez, acompanhada pelo delegado delegado do Departamento de Cultura, Diego Cruz, apresentou uma Feira no terraço da Câmara Municipal que voltará a ser um ponto de encontro de amigos, familiares, turistas. . , com um programa completo de atividades e para todos os tipos de público.

“A Feira é Almería na sua melhor versão: uma cidade brilhante, radiante e aberta onde você mora, come e se diverte. Assim é Almería: uma cidade onde você sempre quer estar e que aproveita a Feira para mostrar seus melhores registros. E não é apenas uma celebração maciça, calorosa e brilhante. É também uma oportunidade de crescimento como cidade que recebe turismo, investimento e geração de riqueza. Por isso, na Câmara Municipal lutamos todos os anos para superar a edição anterior”, afirmou María Vázquez.

Será uma Feira com 12.500 fãs, 12.500 playbills, 9 ambíguos na Feira do Meio-dia213.000 metros quadrados de feiras com 7 barracas tradicionais, 8 barracas de jovens, 25 barracas de rua e inúmeras atrações e barracas de comida, com 2.341 vagas de estacionamento, 30 atividades esportivas, 20.000 cravos e 11 carros alegóricos na Batalha das Flores, 10 concursos, workshops, exposições e concentrações incentivar a participação, 3 touradas e até 15 propostas de shows, incluindo quatro dias de Cooltural Fest com mais de 50 artistas e bandas, mais seis noites de shows no Local do concerto da feira (Morad, The Dynamic Duo, G-Men e Stool, Red Baron e Howitzer, Malú e Estopa) e cinco noites na Plaza de la Constitución (festa dos anos 90, Banda Municipal, duas noites do Festival Internacional de Folclore e Orquestra da Cidade de Almería).

María Vázquez assegurou que “A Feira é uma vitrine da cidade. E queremos que Almería brilhe para lançar uma dupla mensagem ao mundo: a do orgulho pela nossa cidade e a do convite para atrair recursos e talento. Uma cidade que sabe se divertir é uma cidade que vale a pena viver e investir. Por isso é tão importante que todos façamos a nossa parte para mostrar a nossa melhor cara”.

O autarca interino quis também destacar o esforço colectivo que representa a celebração de uma Feira como a de Almería. “A Feira também é feita por muitas pessoas cujos nomes não sabemos, mas que trabalham para montar as atrações, que trabalham nos bares e nas cozinhas, os que distribuem para que nada falte, os profissionais que atendem os visitantes em a hotéis, restaurantes e lojas, aqueles que vestem ônibus e táxis, e as pessoas que trabalham para a nossa segurança e bem-estar, para que tudo fique limpo e arrumado. A Feira é mais do que um esforço colectivo: é um momento para a cidade” e terminou apelando ao bom comportamento de todos: “Peço que retribuamos esse esforço fazendo o possível para que tenhamos uma Feira cheia de prudência, respeito e sentido de convivência”.

DETALHES DA FEIRA

Cedric Schmidt

"Amante de café irritantemente humilde. Especialista em comida. Encrenqueiro apaixonado. Especialista em álcool do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.