Um rapaz de 16 anos morreu de ataque de touro numa corrida de touros em Portugal: Animalistas pedem para eliminar estes eventos

(EFE) – Um jovem de 16 anos morreu no último sábado, 21 de maio, em decorrência de ferimentos sofridos após a ataque de touro durante uma corrida de touros organizada na vila da Moita (a 40 quilómetros de Lisboa), Portugal, no âmbito das festividades municipais marcadas para este fim-de-semana.

Após o ataque, o jovem foi transferido em estado crítico para um hospital, onde morreu pela gravidade dos ferimentos, segundo o que foi recolhido. mídia portuguesa.

o Conselho Coordenador das partes lamentaram a morte do jovem e recordaram que existem medidas de segurança para estes actos.

“Há informações em toda a festa que apontam para os cuidados que devem ser mantidos durante a corrida dos touros, como não se aproximar demasiado dos touros, mas não custa nada reforçar esses cuidados”, disse um porta-voz do Conselho ao Jornal de Jornal Notícias.

Antes do evento, o partido animalista português PAN também lamentou o ocorrido e pediu a eliminação deste tipo de eventos.

“O touradas eles não são típicos de uma sociedade civilizada e dos valores humanitários do século XXI. Que acabe esta forma anacrónica de diversão que só se traduz em sofrimento”, defendeu ontem à noite a porta-voz do partido, Inês de Sousa Real, no seu perfil de Twitter.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.