Star Trek do Capitão Kirk e mais cliques tecnológicos | Tecnologia | Edição América

Estas são as principais notícias de tecnologia da semana na América.

1. Capitão Kirk e sua primeira viagem “real” às estrelas

O capitão Kirk pode ter tido muitas aventuras a bordo da Enterprise, sempre na companhia de seu fiel companheiro Spock, mas com certeza nunca teve uma tão cativante e única.

O veterano ator canadense de 90 anos William Shatner, que lhe deu vida de 1966 a 1991 na saga e série de filmes “Jornada nas Estrelas”, “levou-o” pela primeira vez ao espaço em um voo de 10 minutos do Novo Foguete Shepard da empresa Blue Origin, de propriedade do bilionário Jeff Bezos.

O choque de Shatner após o curto voo foi tal que, ao retornar à Terra, ele disse: “É assim que a morte é? Tem sido tão comovente, essa experiência foi incrível”.

2. O LinkedIn também se choca contra a “muralha da China”

Da mão da censura exercida pelo Governo da China parece que ninguém escapa. Sua nova “vítima”: a rede social americana LinkedIn, que anunciou o fechamento de seu portal no país asiático.

“As dificuldades operacionais e as exigências” impostas pelo Governo do Partido Comunista Chinês, em referência direta à censura, foram os motivos do iminente encerramento expostos por esta rede social de cariz profissional.

O LinkedIn, de propriedade da Microsoft, era até agora a única grande rede social ocidental ainda em operação na China, onde o Facebook e o Twitter foram banidos desde 2009.

“Estamos enfrentando um ambiente operacional significativamente mais difícil e requisitos de conformidade mais altos na China”, indicaram da rede social para o mundo da empresa em seu blog corporativo.

3. Não mexa com a Amazônia!

Depois de uma semana muito difícil, com “apagão” de todo o seu conjunto e acusações de ações antiéticas ou antiéticas, o Facebook quer limpar um pouco sua imagem e anunciou a proibição de vender ou comprar terras em áreas de “conservação ecológica” na Amazônia através de qualquer uma de suas plataformas.

Assim, o Facebook alterou suas políticas comerciais e a partir de agora revisará as ofertas que são publicadas tanto na própria rede social quanto no WhatsApp e Instagram para compará-las com um banco de dados internacional de áreas protegidas devido à sua importância ambiental.

A empresa garantiu que vai continuar a trabalhar para evitar que as pessoas encontrem formas de contornar esta proibição e continuar a comercializar terras em zonas de preservação ecológica nas plataformas.

4. Chivo Wallet, uma carteira virtual… e “ilegal”?

A cada semana é escrito mais um capítulo da novela sobre El Salvador e bitcoin, e desta vez o protagonista é o aplicativo Chivo Wallet, a carteira digital promovida pelo Governo desde a oficialização do bitcoin como moeda legal.

A organização Acción Ciudadana afirmou esta semana que vai denunciar o uso ilegal de dados pessoais por meio da Chivo Wallet, que concede um bônus em bitcoin equivalente a 30 dólares para promover seu uso, perante o Ministério Público salvadorenho.

Eduardo Escobar, diretor da Acción Ciudadana, denunciou recentemente em suas redes sociais que suas informações foram inseridas na Chivo Wallet sem seu consentimento.

“Ao verificar que os dados pessoais foram utilizados sem autorização, procedemos à denúncia para registrar as deficiências que estão ocorrendo a partir deste aplicativo e o uso indevido de dados pessoais de muitos cidadãos que denunciaram o feito”, disse Escobar.

5. A IBM busca novamente a grandeza com um olhar latino

A IBM quer recuperar o lugar de destaque que tinha décadas atrás e, para isso, quer ampliar o acesso à educação, qualificação e preparação de 30 milhões de pessoas no mundo para carreiras profissionais nos próximos nove anos.

Para a implementação dessas carreiras, que beneficiarão especificamente as comunidades latinas nos EUA, a IBM fará mais de 170 alianças com associações, instituições de ensino superior, agências governamentais, agências de emprego e organizações sem fins lucrativos.

A empresa sediada em Armonk, Nova York, nos EUA, também anunciou que expandirá seus programas P-Tech para estudantes do ensino médio em todo o mundo.

6. Do papai Nintendo aos seus “fãs de Mario” mimados

O fabricante japonês Nintendo mima muito seus produtos estrela (incluindo Mario) e seus fãs e é por isso que lhes dá pequenos presentes de vez em quando.

De acordo com a Cnet.com, os assinantes do Nintendo Switch Online poderão obter o Spirit Booster Pack #2 de “Super Smash Bros.” na Nintendo eShop.

O conjunto de itens contém 3.000 Pontos de Espírito e 30 lanches grandes, que ajudarão você a aumentar o nível dos Espíritos.

Para reivindicar o pacote, você precisa acessar a Nintendo eShop e selecionar Nintendo Switch Online na barra lateral esquerda. Lá você verá o conjunto de Spirit Boosters listados à venda.

7. O Xbox Game Pass está “enfeitado” com gênios do mal

O final do ano se aproxima e o Xbox continua antecipando presentes de Natal para os assinantes de sua plataforma Xbox Game Pass.

Desta vez é “Evil Genius 2: World Domination”, que chegará em suas versões Xbox One e Xbox Series X em 30 de novembro.

O título, desenvolvido pela Rebellion Developments, é um jogo de estratégia que saiu em março deste ano, segundo SomosXbox.com.

A divisão da Microsoft deve anunciar novidades mais atrativas para 2022, levando em conta a concorrência com as plataformas PlayStation, Nintendo Switch e Roblox, consideradas a Netflix dos videogames.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.