Sporting CP – Benfica | Primeira Liga: Benfica vence dérbi frente ao Sporting CP e entrega metade da Liga ao Porto

Vitória do Benfica sobre o Sporting CP (0-2) no dérbi deixou a vista da Liga Portuguesa para a sentença.

Na ausência de quatro dias, O Porto (82) é o líder com nove pontos de vantagem sobre o Sporting (73). O Benfica, por sua vez, é o terceiro com 67.

O clássico teve tudo, sobretudo, polêmica. No entanto, o grande golo de Darwin Nez aos 14′ e Gil Dias aos 93′ ditou a sentença. O ex-Almera abriu o placar. Ele começou no meio-campo para ‘pegar’ uma bola longa de Jan Vertonghen, se livrou de Neto, se libertou no corpo a corpo de Coates e mergulhou alto antes da saída de Adn.

Seu preço não para de subir como espuma. O atacante uruguaio de 22 anos marcou 32 gols nesta temporada em todas as competições. Na Liga, é um excelente artilheiro com 25 gols em 25 jogos. Segue-se Mehdi Taremi (Porto), com 18.

A partir daí foram muitas paralisações e muita polêmica. Destaque para o golo anulado frente ao Benfica aos 37 minutos. Teria sido 0-2. Otamendi marcou à vontade, mas se beneficiou da posição de atacante de Gonalo Ramos.

Cada contra do Benfica era sinónimo de perigo. O Everton esteve perto do 0-2 aos 47 minutos, logo após o intervalo. E nunca melhor dito. Seu chute, de frente, acertou a trave.

A resposta do Sporting CP aos 48 minutos teve um papel de destaque para a Espanha… e por duas vezes. Sarabia cabeceou ao travessão aos 48 minutos e o remate de Pedro Porro obrigou Vlachodimos a trabalhar arduamente.

Os amarelos mancharam o final de uma partida que teve 7′ a mais. Aliás, no prolongamento foi 0-2 para o Benfica. Contra e, novamente, com Darwin Nez como protagonista. O uruguaio atraiu a defesa do Benfica e, por fim, cedeu para que Gil Dias fizesse um contra um com Adn.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.