Rússia expulsa 85 diplomatas de Espanha, Portugal e Itália — Noticias en la Mira con Lourdes Mendoza

Moscou, Rússia.- A Rússia anunciou na quarta-feira que vai expulsar 27 diplomatas espanhóis, 34 franceses e 24 italianos, em resposta a medidas semelhantes tomadas por países europeus, um contexto de tensão após a ofensiva na Ucrânia.

A diplomacia russa anunciou a expulsão de 27 diplomatas espanhóis, após declarar “pessoa não grata” 34 membros da delegação francesa e decretam a saída de 24 italianos.

Paris “condenou fortemente” o anúncio da Rússia, considerando que esta decisão não se baseava em “nenhum fundamento legítimo”.

“Esta decisão é apresentada pelo lado russo como uma resposta às decisões da França” em abril, quando “várias dezenas de agentes russos” suspeitos de serem espiões foram expulsos, diz um comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

Pelo contrário, “o trabalho dos diplomatas e funcionários da nossa embaixada na Rússia está totalmente dentro do quadro da Convenção de Viena sobre relações diplomáticas e consulares”, acrescenta.

“A decisão das autoridades russas não se baseia em nenhum fundamento legítimo. Só podemos lamentar”, continua o comunicado da diplomacia francesa.

Por sua vez, a Itália descreveu a expulsão de seus funcionários como um “ato hostil”, mas o chefe do governo italiano, Mario Draghi, ressaltou que “romper as relações diplomáticas” deve ser evitado.

“Os canais diplomáticos não devem ser quebrados, porque se conseguirmos a paz, conseguiremos através desses canais diplomáticos”, disse Draghi durante uma entrevista coletiva em Roma.

A ofensiva russa na Ucrânia, que começou em 24 de fevereiro, provocou uma onda de condenação internacional e uma enxurrada de sanções, acompanhadas pela expulsão de centenas de diplomatas russos por países ocidentais.

Moscou retaliou expulsando diplomatas dos países em questão de seu território. RB

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DO DIA PELO WHATSAPP; ENVIE A PALAVRA ‘ALTO’ CLICANDO AQUI

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.