Rueda não duvida que o incêndio de Verín foi intencional

Avanço do fogo em Verín ALEJANDRO CAMBA

O presidente afirmacapacidade» aos que plantam incêndios e pede a colaboração dos cidadãos para os deter

04 de agosto de 2022 . Atualizado às 14h44

“Não há duvidas» disse o presidente da Xunta, Afonso Rueda, sobre a intencionalidade do incêndio declarado em Verín que queimou mais de 600 hectares. O presidente lembrou que eles apareceram vários focos simultaneamente e muito próximos das residências, pelo qual sublinhou a sua “intenção criminosa” do ocorrido. O presidente da Xunta destacou que, além dos danos ambientais, os incêndios ocorridos nestas circunstâncias colocam em risco a vida das pessoas, pelo que lembrou que serão investigados como crimes. Rueda apelou aos que fazem fogo para que tenham «um pouco de cavalheirismo»e também instou os cidadãos a colaborar, pois todas as informações fidedignas que fornecerem serão utilizadas, nos termos da lei, para tentar localizar os culpados.

Rueda destacou que a evolução do incêndio de Verín melhorou, embora uma de suas fontes continue causando problemas. O presidente também prometeu reforçar os acordos de cooperação em questões de emergência com Portugaljá que houve casos de incêndios originários do país vizinho que atravessaram a fronteira.



Miranda Pearson

"Organizador. Introvertido. Fanático certificado pela internet. Beeraholic. Fã de álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.