Rio Negro News – Roca continua infringindo ARSA por transbordamentos e perdas

Um total de 56 Atos foram redigidos pelo Município de General Roca à empresa provincial ARSA de 13 a 19 de junho, devido ao fato de haver desperdício e transbordamento de água nas vias públicas, transbordamento de esgoto sem neutralização prévia, falta de sinalização em reparos ou quebras e depósito de objetos em vias públicas, entre as principais falhas detectadas.

O total de Atos elaborados em apenas uma semana foram: para transbordamento de esgoto 16, enquanto os atos para Perdas de Água da Rede foram 33 e para sinalização ruim, falta de sinalização e cercas em construção: 7.

Alguns dos transbordamentos de água em vias públicas estão localizados em:
-Urquiza em 4300, Paraná em 1800, Tres Arroyos em 800 e 1300, Neuquén e 25 de Mayo, Dom Bosco em 400, Sarmiento em 200, Damas Patricias em 2800, Las Heras em 2400, San Martín 1500, Urquiza em 3500, Urquiza às 3500, Cipolletti às 3300, Piedra Buena e Los Canarios, Churrinche às 1300, Kennedy às 3300, San Juan às 3500, Defesa e pombal, Saavedra às 3300, Banking Day às 2500, Calle 248 Bis às 600, Chula Vista às 1000, Bariloche às 800, Chile às 100, Trinidad e Tobago, Maipú às 3200, Libertad às 3600, Posadas às 2700, 3 de fevereiro às 3200, Calle 445 às 3000, Libertad às 4300, Panamá às 2100
Os transbordamentos de esgoto foram localizados em vias públicas em:
-Villegas e Carlos Esponda, Montevidéu em 1900, Banking em 2500, Gelonch e Mendoza, Gelonch e Fleming, Equador e Romênia, Calle 239 bis e La Plata, La Plata e Portugal, Halcón e Defensa, Suíça em 2800, Misiones em 700, Chile até 1400, Misiones até 700, Río Negro e Panamá, Río Negro até o Peru, passando pela Guatemala até Formosa.-
– Má sinalização das obras, falta de sinalização e vedação nas vias públicas foram localizados em:
-Neuquén e 25 de Mayo, Av. Roca e Paraguai, Chile a 180, cruzamento das ruas Defesa e Churriche, Chile a 100, Lisandro de la Torre e Carlos Gardel, Mitre e Jachal.

Os repetidos transbordamentos de esgoto e perdas de água potável em áreas residenciais colocam em risco a saúde da população, gerando também falta de pressão hídrica em diversos setores da cidade.
Por isso, além de recorrentemente solicitar ao Governo Provincial uma solução formal para este problema; o Município procede à lavratura de Atas de cada situação particular.

Tendo em conta que a prestação e manutenção dos serviços de água e esgotos são da responsabilidade da Empresa Provincial ARSA, todas as reclamações por Perdas ou Transbordos nas Vias Públicas devem ser feitas antes de:
ÁGUAS RIONEGRINAS. Escritórios localizados em Don Bosco 1612. Ou contate a Linha de Reclamações e Dúvidas ARSA 0800-999-24827.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.