Queda aterradora de Marc Márquez em Portugal: perdeu o controlo da moto e bateu a cabeça no asfalto

Forte queda de Marc Márquez em Portimão

Uma das imagens mais terríveis do fim de semana no automobilismo contou com o piloto espanhol Marc Márquezque sofreu uma nova queda neste sábado na terceira sessão de teste gratuito do Grande Prémio de Portugalem que o mais rápido foi o piloto local Miguel Oliveira (KTM). Felizmente, além de sua queda espetacular, Marquez Ele conseguiu sair da pista a pé e sem maiores complicações.

A estrela piloto de Funda bateu a cabeça com força depois perder o controle de sua moto em uma pista que estava encharcada pelas condições climáticas. A pista estava secando, mas ainda tinha muita água.

Embora sua queda tenha disparado alarmes em Portimãoo concorrente catalão 29 anos ele conseguiu se recuperar rapidamente e não parecia ter sofrido nenhum dano. Marquez ele foi ao chão na curva 8 quando estava dirigindo a cerca de 80 quilômetros por hora. Sua moto a chicoteou por trás e ela saiu voando. Seu impacto com a cabeça no chão abriu a viseira de seu capacete.

Não é a primeira vez Marc Márquez Ele está nesse tipo de situação nesta temporada. Foi vítima de inúmeras quedas nos últimos meses, ele até perdeu dois Grandes Prêmios este ano por sua problemas de visão causados para os golpes.

É uma das temporadas mais agitadas para Marc Márquez na MotoGP (Foto: REUTERS)

Ainda assim, apesar das condições adversas e do peso dos antecedentes, Marquez ele estabeleceu o quinto melhor tempo, logo atrás do sul-africano Brad Binder (KTM). Após o incidente, ele só voltou à pista para praticar o momento da partida.

Em condições difíceis de asfalto, embora não tão adversas como na Moto3, os pilotos da MotoGP Eles imediatamente começaram a baixar seus discos, com uma menção especial para o “ídolo” local Miguel Oliveira (KTM RC 16), que assumiu a liderança ao entrar 1:50.583, 83 milésimos de segundo mais rápido do que o recorde alcançado ontem pelo piloto da Repsol Honda, para “arranhar” mais alguns milésimos depois com um 1:50.552.

CLASSIFICAÇÃO APÓS AS TRÊS SESSÕES GRATUITAS DO GP DE PORTUGAL:

1. Miguel Oliveira (POR/KTM): 1:50.552

2. Joan Mir (ESP/Suzuki) a 0,049

3. Fabio Quartararo (FRA/Yamaha) 0,054

4. Brad Binder (AFS/KTM) 0,107

5. Marc Márquez (ESP/Honda) 0,144

6. Pol Espargaró (ESP/Honda) 0,155

7. Marco Bezzechi (ITA/Ducati-VR46) 0,584

8. Johann Zarco (FRA/Ducati-Pramac) 0,618

9. Aleix Espargaró (ESP/Aprilia) 0,696

10. Jack Miller (AUS/Ducati) 0,701.

CONTINUE LENDO:

Grande triunfo do argentino Franco Colapinto na Fórmula 3: a manobra dramática que lhe deu a vitória na última volta
Os três acidentes brutais e o chamado premonitório que poderia ter evitado a morte de Ayrton Senna, um marco na história da Fórmula 1
Cruzamento inesperado na F1: Hamilton falou sobre seu desejo de comprar o Chelsea e Verstappen o criticou por trair seu clube

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.