Portugal faz fronteira com uma centena de casos de varicela | Europa em dia | DW

Monkeypox continua a crescer em Portugal, onde esta segunda-feira (30.05.2022) foram confirmados 22 novos casos, elevando para 96 ​​o número total de infeções detetadas pelas autoridades de saúde.

Todos os doentes são homens com idades compreendidas entre os 20 e os 61 anos, embora a maioria tenha menos de 40 anos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS) portuguesa em comunicado. Por região, os focos estão centrados em Lisboa e Vale do Tejo, embora os casos no Algarve (Sul) e Norte também estejam a crescer.

Os casos identificados “são mantidos em acompanhamento clínico e estáveis”, disse a entidade, explicando que “a informação recolhida através de inquéritos epidemiológicos está a ser analisada para contribuir para a avaliação do surto a nível nacional e internacional”.

A atualização de dados anterior foi divulgada na última sexta-feira, quando havia 74 casos. A DGS especificou na quinta-feira que está a trabalhar na criação de uma “reserva nacional de vacinas” e está a avaliar a possibilidade de vacinar “contactos de casos confirmados e profissionais de saúde no contexto deste surto”.

Monkeypox ou “monkeypox”, do gênero Orthopoxvirus, é uma doença rara transmissível através do contato com animais ou pessoas infectadas ou com materiais contaminados. (EFE)

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.