Portaltic.-Prosegur inaugura um centro inteligente para a gestão tecnológica das operações de segurança – Publimetro Perú

MADRI, 13 (EUROPA PRESS)

A criação deste centro teve um investimento de cinco milhões de euros e vai significar a geração de 150 postos de trabalho diretos, avança a empresa em nota de imprensa.

O iSOC, que integra tecnologias como inteligência artificial, internet das coisas ou ‘big data’, possui capacidades de processamento inteligente de dados e gerenciamento de serviços avançados de segurança e pode ser integrado ao legado tecnológico dos clientes que você atende.

ANTECIPAR RISCOS E AMEAÇAS

Isso permite que a Prosegur aborde as operações de segurança “de forma mais completa, inteligente e ágil, antecipando os riscos e ameaças que deve enfrentar”, como foi apontado.

O diretor-geral da Prosegur Segurança, Fernando Abós, explicou que, na tarefa de proteger pessoas e bens, as ameaças surgem “de fontes cada vez mais inesperadas e difusas”, pelo que “o conceito de segurança é alargado a outras questões não contempladas anteriormente.

“Isso exige modelos de segurança muito mais dinâmicos, capazes de se adaptar rapidamente para responder e antecipar riscos; em suma, modelos de segurança mais inteligentes”, indicou.

Para responder a esta nova realidade, a Prosegur aposta na “segurança híbrida”, que consiste em “capacitar especialistas em segurança através de tecnologias inteligentes e conectadas que fazem uso estratégico dos dados”, de forma a oferecer aos clientes “uma solução de segurança mais individualizada e evolutiva. “

No centro dessa estratégia está o centro de operações de segurança, que emprega mais de 1.200 profissionais de segurança com competências tecnológicas. Através de uma plataforma própria, é possível a conexão e troca ágil de informações em tempo real com os cerca de 26.500 vigilantes e técnicos que a Prosegur Security possui na Espanha.

Além disso, mais de 25.000 instalações de clientes são supervisionadas a partir do iSOC e mais de 300.000 dispositivos conectados são gerenciados, dos quais mais de 200.000 são via vídeo.

ANÁLISE DE DADOS

Alguns dos novos avanços tecnológicos que a empresa de segurança implementou com este novo centro são a gestão de sinais de alerta e a ativação de protocolos de segurança e a monitorização ativa de imagens, incluindo maiores capacidades através da incorporação de inteligência artificial e da videoanalítica.

Também o controlo remoto de acessos a instalações, a revisão do cumprimento de normativos e processos operacionais, e serviços críticos para garantir a continuidade da atividade do cliente, como soluções remotas de proteção contra incêndios ou atendimento remoto a incidentes técnicos.

Além disso, as grandes quantidades de dados capturados pelo ecossistema de segurança são integradas e processadas no iSOC para transformar esses dados em informações.

A análise desta informação, com ferramentas de ‘business intelligence’ e ‘big data’, permite transformá-la em inteligência acionável, permitindo uma permanente adaptação e antecipação de riscos, segundo a Prosegur.

A inauguração do iSOC em Madri é o principal marco de um programa de abertura de treze instalações similares na Argentina, Brasil, Chile, China, Colômbia, Portugal, Estados Unidos, México, Paraguai, Peru, Cingapura e Uruguai. O objetivo é desenvolver um trabalho colaborativo e em rede entre os diferentes locais onde a empresa opera.

Eloise Schuman

"Fã de café. Especialista em viagens freelance. Pensador orgulhoso. Criador profissional. Organizador certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *