Pela DT de Portugal, “A Argentina não deixou de ser favorita a um resultado”

“Inglaterra e França são favoritas porque ganharam e a Argentina deixou de ser favorita porque perdeu? Não acredito nisso. Isso é normal e nada é definitivo.” Foto Maximiliano Luna.

O diretor técnico de Portugal, Fernando Santosenquadrou o Derrota da Argentina contra a Arábia Saudita como “uma das grandes surpresas”, mas garantiu que “por um resultado” não deixou de ser favorito para vencer a Copa do Mundo no Catar 2022.

Na prévia da estreia nesta quinta-feira contra Gana pelo grupo H, Santos deu sua opinião sobre “uma das grandes surpresas” que teve o início da Copa do Mundo.

“Inglaterra e França são favoritas porque ganharam e Argentina deixaram de ser porque perderam? Não acredito nisso. Isso é normal e nada é definitivo”, disse Santos na coletiva de imprensa que concedeu nesta quarta-feira no centro de mídia em Doha .

A recente saída de Cristiano Ronaldo do Manchester United Foi um dos principais temas e a maioria das questões incidiu sobre o efeito que poderia ter na seleção portuguesa.

“Não houve comentários sobre o assunto durante os treinos. Não é um problema para nós.”disse Santos, que levou Portugal ao seu primeiro título europeu em 2016.

Bruno Fernandes, agora ex-companheiro de CR7 na seleção inglesa, também recebeu várias perguntas sobre o evento, mas minimizou e pediu para focar no Mundial.

Foto Maximiliano Luna
Foto Maximiliano Luna.

“Foi uma decisão pessoal do ‘Cris’. Nós não falamos sobre isso. Estamos focados na Copa do Mundo“, disse Bruno Fernandes.

Na antevisão da estreia de amanhã, frente ao Gana, pelo grupo H, “CR7” e Manchester United chegaram a acordo para rescindir o contrato antecipadamente.

“Para mim é uma honra dividir a equipe e o clube com ‘Cris’. Considero que realizei um sonho porque ele é um dos meus ídolos mas nada dura para sempre”, lamentou.

Fernandes também brincou com as imagens que circularam no início da preparação de Portugal onde uma saudação fria de Cristiano foi vista com ele.

A saída de Ronaldo do Manchester foi uma decisão pessoal de Cris Não conversamos sobre isso, disse Bruno Fernandes Foto Maximiliano Luna
A saída de Ronaldo do Manchester “foi uma decisão pessoal de Cris. Não conversamos sobre isso”, disse Bruno Fernandes. Foto Maximiliano Luna.

“Vim de um voo de duas horas e não estava a fim de brincadeiras. Ele achou divertido fazer uma brincadeira e não era pra mim. Só isso. Eles sempre procuram novidades com o Ronaldo e se for não fosse isso, teria aparecido outro”, disse, entre gargalhadas, a outra grande figura que Portugal tem.

Portugal defronta o Gana amanhã, pelas 13h00, na estreia no Mundial do Qatar 2022, no estádio 974.

Miranda Pearson

"Organizador. Introvertido. Fanático certificado pela internet. Beeraholic. Fã de álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *