O canto da língua: «Deitado» é sinónimo de «teto baixo»? | Colunistas | Entretenimento

Certamente inúmeras vezes nos referimos ao teto ou teto falso com o nome de “deitado”. No entanto, a palavra «deitado» não aparece com estes significados no Dicionário Espanhol.

Neste trabalho acadêmico, “deitado” é usado como adjetivo para se referir a certas coisas, como baús, carros, etc., que têm a forma de um túmulo; também para mencionar composições tipográficas que não são bem enquadradas.

E, então, que dicionário defende o sentido de ‘teto baixo’ tão comum no Equador?

Precisamente o uso frequente fez com que o substantivo «deitado» entrasse no Dicionário de Americanismos (DA) com o seguinte significado:

«No interior de edifícios, um tecto de superfície plana e lisa, geralmente utilizado para reduzir a altura de uma divisão ou ocultar instalações». Isso é equivalente a um teto falso ou teto falso. Mas de acordo com o DA, ele só é usado no Equador e na Bolívia.

Como adjetivo, deitado também se refere a uma pessoa que se deita na cama devido a alguma doença ou enfermidade. Também é usado para mencionar um galo que cai no meio da luta e é invalidado e declarado derrotado.

No entanto, devemos deixar claro que essas características semânticas são americanismos e sua aplicação em outras regiões pode causar confusão.

Portanto, se estivermos em outro país, é melhor que, em vez de deitar, digamos “teto baixo”, que é uma expressão padrão. (Atualizado de canto da língua, 02/05/2017). (F)

FONTES: Dicionário Espanhol (versão eletrônica) e Dicionário de Americanismos (2010), da Real Academia Espanhola e da Associação de Academias da Língua Espanhola.

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.