Monkeypox expande-se em Portugal com quase cinquenta casos | Sociedade

As autoridades portuguesas notificaram esta quarta-feira 49 casos de varicela do macaco ou “varicela”, mais 10 do que os registados no dia anterior, todos masculinos e a maioria em Lisboa, enquanto aguardam os resultados de outras amostras.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou que todos os casos confirmados são de homens com idades compreendidas entre os 26 e os 61 anos, a maioria com menos de 40 anos, e encontram-se principalmente na região de Lisboa e Valle del Tajo, embora também existam infecções no Norte e no Algarve.

Os casos identificados “são mantidos em monitoramento público e estáveis ​​e em regime ambulatorial”, informou a entidade em comunicado.

As autoridades estão realizando “rastreamentos epidemiológicos” de casos suspeitos, para identificar cadeias de transmissão e possíveis locais de exposição.

O número de casos confirmados em Portugal disparou desde a última quarta-feira, quando a DGS notificou os primeiros cinco casos deste vírus.

Monkeypox, do gênero Orthopoxvirus, é uma doença rara transmissível pelo contato com animais ou pessoas infectadas ou com materiais contaminados.

Vários países europeus relataram casos desse vírus, que foi detectado pela primeira vez na República Democrática do Congo em 1970 e se multiplicou na última década nos países da África Ocidental e Central.

Joseph Salvage

"Fanático hardcore de mídia social. Propenso a ataques de apatia. Criador. Pensador. Guru dedicado da web. Aficionado por cultura pop. Solucionador de problemas."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.