Menos da metade dos franceses planeja acompanhar o torneio onde sua Seleção busca ser bicampeã

O baixo número se deve à preocupação com a situação dos direitos humanos no país árabe.

Os franceses são campeões mundiais e, com Mbappé e companhia em um time bem estabelecido, vão buscar algo inédito em sua história: ser bicampeões, algo que só Itália e Brasil conseguiram. No entanto, para além disso, os seus adeptos vão dar-lhe as costas, já que menos de metade dos franceses pretende seguir o Qatar 2022, e o número pode ser ainda maior, segundo uma sondagem divulgada este sábado pela rádio RTL.

O baixo número de entusiastas se deve ao fato de 78% dos pesquisados ​​indicarem sua preocupação com a situação dos direitos humanos naquele país e 77% porque a Copa do Mundo foi atribuída a um país com aquele clima.

VIVER

Notícias em desenvolvimento

As seleções que nunca gritaram gol

Indonésia em 1938, República Democrática do Congo (antiga Zaire) em 1974, Canadá em 1986, China em 2002 e Trindade e Tobago em 2006 são as cinco equipes que não registram gols a favor na história da Copa do Mundo.



Hamurabi Noufouri

Catar 2022: revisando estereótipos

Devido à Copa do Mundo de Futebol Masculino de 2022, é tão inevitável que nossos olhos estejam “orientados” para o Catar, pois não poderão descrevê-lo e muito menos interpretá-lo fora da narrativa colonial hispano-americana sobre o Islã, como anti -humanidade. Consulte Mais informação.

Al Rihla, a bola oficial do Qatar 2022: será a mais rápida e ecológica da história das Copas do Mundo

Al Rihla, a 14ª bola projetada pela marca alemã para uma Copa do Mundo – Foto AFP

Esta é a 14ª bola consecutiva projetada pela adidas para as Copas do Mundo. Consulte Mais informação.

Aqueles que perderiam a Copa do Mundo por lesão e aqueles que já estão fora

Georginio Wijnaldum tem baixa confirmada para a Holanda no Catar 2022 – Foto EFE

Ronaldo Araújo e Diego Godin -Rafael Uruguaio Varana e Paulo Pogba – França Marco Reus– Alemanha Raúl Jimenez e Jesus Coroa – México Daniel Alves – Brasil João Foyth – Argentina Kalvin Philips – Inglaterra Saleh Al Shehri – Marca saudita Llorente – Espanha

Vítimas confirmadas para o Catar 2022

​• Georginio Wijnaldum – meio-campista – Holanda – fratura na tíbia e fíbula.

• Diego Carlos – zagueiro – Brasil – rompeu o tendão de Aquiles.

• João Rojas – ponta direita – Equador – ruptura do ligamento cruzado anterior, joelho esquerdo.

• Tarik Tissoudali – atacante – Marrocos – ruptura do ligamento cruzado anterior, joelho direito.

• Abdullah Al-Ahrak – meio-campista – Qatar – ligamento cruzado rompido.

Zlatko Dalić, 7 anos no comando da Croácia

o treinador de Croáciaúltimo vice-campeão do mundo, se encontra neste domingo 7 anos liderando a seleção nacional.

Nas redes sociais, a federação croata o homenageou e relembrou uma mensagem de Dalicem que fala do seu “puro amor” pela Croácia.

A Croácia irá partilhar um grupo com Bélgica, Marrocos S Canadá

Equador lembrou gol que valeu 3 pontos no Brasil 2014

O selecionado de Equadoratravés de suas redes sociais, relembrou o objetivo de Enner Valência que colocou o 2 a 1 final contra Honduras dentro Brasil 2014.

Foi uma cabeçada após cobrança de falta da esquerda que rendeu três pontos aos sul-americanos.

suíço S França Foram eles que se classificaram para as oitavas de final naquela ocasião.

Como é o estádio Lusail, onde a Argentina jogará com Arábia e México

o estádio lusail será o maior Copa do Mundo Catar 2022 com capacidade total para 80 mil espectadores e será o palco onde o Seleção vai estrear contra a Arábia Sauditaterça-feira, 22 de novembro, às 7 da manhã (horário argentino), e onde também jogará a segunda partida do grupo contra o Méxicono sábado, 26 de novembro às 16:00 Leia mais.

Milinković-Savić: “Vamos manter a calma, o primeiro objetivo é chegar aos oitavos-de-final”

A Sérvia venceu o grupo que dividia com Portugal – AP Photo

Sergej Milinković-Savićmeio-campista de sérvioconversou com o site oficial da FIFA e, dada a expectativa que há pela participação de sua equipe no Copa do MundoEle pediu para “manter a calma”.

Devemos ter expectativas realistas e manter a calma, como durante as eliminatórias. Temos que levar os jogos um a um e juntar o máximo de vitórias possível. Mas o primeiro objetivo será sair da fase de grupos”, disse.

Um time que faltava na Rússia e volta à Copa do Mundo com dois títulos debaixo do braço

Christian Pulisic, uma das figuras dos Estados Unidos – AP Photo

EUA será um rival a ter em conta na Catar 2022. A equipe norte-americana dividirá o grupo B com Inglaterra, Irã e País de Gales. Depois de sair em Rússia 2018, depois de completar uma fase classificatória para ser esquecido, fará seu retorno a uma Copa do Mundo. Consulte Mais informação.

Camarões confirma dois amistosos de aquecimento

Cedric Schmidt

"Amante de café irritantemente humilde. Especialista em comida. Encrenqueiro apaixonado. Especialista em álcool do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *