Lula da Silva passa por cirurgia em São Paulo para retirada de nódulo na laringe | Internacional

Lula, neste sábado durante seu encontro em Lisboa com brasileiros residentes em Portugal.CARLOS COSTA (AFP)

O presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, que sofria de câncer de laringe Há uma década, ele passou por uma cirurgia na manhã desta segunda-feira, na qual foi retirado um nódulo na corda vocal esquerda. Durante a intervenção, realizada sob anestesia total, uma biópsia confirmou que a mancha branca retirada não era cancerígena, segundo laudo médico divulgado por sua equipe. O esquerdista, que acaba de completar 77 anos, se tornará a pessoa mais velha a assumir o poder no Brasil em 1º de janeiro.

Lula voltou neste fim de semana de sua primeira viagem internacional desde a eleição vencida por mínima no dia 30 para o ainda presidente, o direitista Jair Bolsonaro. O próximo presidente do Brasil esteve na cúpula do clima COP27 em Sharm el Sheikh, onde prometeu que o país que abriga a maior parte da Amazônia voltará a envolver-se plenamente na política ambiental e a luta contra as alterações climáticas, tendo depois viajado para Portugal, onde esteverecebido pelas mais altas autoridades.

O veterano político deu entrada no hospital São Paulo Sírio-Libanés no domingo para passar por uma cirurgia nesta manhã que durou 40 minutos. O nódulo foi removido com um laser. A internação e a operação de Lula só foram reveladas por sua assessoria quando já haviam concluído e ele estava convalescendo, mas já de volta a sua casa.

A imprensa local garante que ele pretende viajar a Brasília na quarta-feira para retomar as negociações para formar um governo e buscar formas de financiar as políticas que pretende empreender. Acrescentam os meios de que ele já pode falar, mas que terá que descansar as cordas vocais até que a ferida cicatrize.

O nódulo foi detectado em exames de rotina que ele fez antes de viajar para o exterior. Ele arrastava uma rouquidão que se agravava à medida que avançava a longa campanha eleitoral. No final de 2011, foi detectado um tumor que foi tratado com sessões de quimioterapia e radioterapia. Os médicos que o trataram agora descartam que a lesão atual esteja relacionada a essa doença, mas querem intervir porque esse tipo de lesão geralmente leva a tumores cancerígenos; ocorre em 10% dos casos, mas o risco aumenta após os 65 anos.

Lula comemorou seu aniversário poucos dias antes de vencer as eleições mais polarizadas da história recente do Brasil. Essa, uma vitória eleitoral, foi o presente que pediu aos seus compatriotas. Embora para os brasileiros a idade do fundador do Partido dos Trabalhadores seja pouco ou nada relevante, quando a imprensa o questiona sobre o assunto, o brasileiro costuma responder que é mais jovem que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que acabou de completar 80 anos, e que tem “a energia dos anos 30 e a tenacidade dos anos 20”. Todas as manhãs ela se exercita.

Junte-se ao EL PAÍS para acompanhar todas as notícias e ler sem limites.

se inscrever

Subscreva aqui a newsletter O PAÍS América e receba todas as notícias atuais da região.

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *