HANDEBOL | PRÉ-EUROPEIA FEMININA Os Warriors aquecem a Taça da Rainha frente a Portugal

É a primeira visita dos Guerreiros a um dos pavilhões históricos do andebol espanhol, porque Artaleku viu algumas das páginas mais brilhantes da próspera liga masculina, agora em declínio. No entanto, cuidou cuidadosamente dessa presença dos espanhóis e com a expectativa de disputar um choque de tensão contra Portugal (19h00, Teledeporte), o encontro ficou como testemunho: a Espanha já está classificada para o Europeu, e Portugal condenou a voltar a vê-la em casa por ter caído frente à Hungria (a outra equipa classificada do grupo) na quinta-feira,

No europeu de Montenegro, Eslovênia e Macedônia, que ainda carece de várias seleções para configurar os 16 finais, A Espanha mantém uma sequência que já subiu para onze participações consecutivas, com duas medalhas. É uma das equipes mais sólidas, e a classificação não é tão simples: por exemplo: a Croácia, medalhista do Euro anterior, é obrigada a vencer a República Checa no domingo para não ser a primeira equipa que dois anos depois de chegar ao pódio não está no campeonato.

Pou coincidências, a Copa de la Reina, com as oito melhores equipes femininas da Liga Iberdrola, será disputada na próxima semana (de sexta a domingo) em San Sebastián, 20 quilômetros de Irún. Como metade da Seleção estará na hora marcada (Silvia Navarro, Maitane Echeverria, Eli Cesáreo, Merche Castellanos, Paula Arcios, Silvia Arderíus, Sole López, Ona Vagué), o encontro será uma forma de incentivar os adeptos bascos a assistirem à Taça, porque o espetáculo que oferecem merece.

Cedric Schmidt

"Amante de café irritantemente humilde. Especialista em comida. Encrenqueiro apaixonado. Especialista em álcool do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *