Guerra Ucrânia – Rússia, última hora ao vivo hoje: Pedido de Moscovo a Portugal

Rússia acusa Ucrânia de matar quatro pessoas e ferir outras dez depois de bombardear uma ponte em Kherson

O Governo russo acusou esta quinta-feira à última hora as tropas ucranianas de terem matou quatro pessoas e feriu outras dez depois de supostamente lançar um bombardeio na ponte Antonovsky, na cidade de Kherson, no leste do país.

“Como resultado do bombardeio por terroristas do Exército de (presidente ucraniano Volodymyr) Zelensky em Kherson, três pessoas morreram, incluindo criançase dez civis ficaram feridos”, relatou, inicialmente, o governador russo da região ocupada de Kherson, Vladimir Rogovem seu canal no Telegram.

Poucas horas depois, o vice-chefe da Administração Militar Civil de Kherson, Kirill Stremousov, o número total de pessoas mortas subiu para quatroe qualificou as palavras de Rogov, mantendo que nenhuma criança morreu após o ataque. Da mesma forma, ele contou que a vida de os feridos não estão em perigo neste momento, conforme explicado em seu canal Telegram.

Com tudo, Ucrânia teria lançado 12 mísseis, dos quais 11 teriam sido derrubados pela defesa aérea russa. O ataque também teria afetado 12 veículos que estavam nas proximidades da pontede acordo com a agência TASS.

Raven Carlson

"Viciado em bacon apaixonado. Ninja orgulhoso da cultura pop. Analista irritantemente humilde. Entusiasta de TV. Fã de viagens ao longo da vida."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *