Gestagua e Emalsa: Tecnologia e inteligência artificial na gestão e defesa da água

Cinquenta tanques tampão estão distribuídos por toda a área municipal (cem quilômetros quadrados), com capacidade de armazenamento de 462.000 metros cúbicos, garantindo níveis de reserva de aproximadamente quatro dias. São necessárias cerca de 55 estações de bombeamento para atingir as diferentes alturas e locais onde estão localizados os tanques reguladores, atingindo até 677 metros acima do nível do mar, nível máximo de abastecimento em nível municipal. O tratamento de todos os dados fornecidos pelos quase 400 pontos de controle (estações de tratamento, bombas, setores hidráulicos, etc.), que gerenciam os mais de 40.000 sinais (vazões, níveis, pressões, parâmetros de qualidade, etc.) de inteligência de gestão para a rede.

A melhoria na eficiência do fornecimento faz parte dos compromissos de RSE e Iniciativas Estratégicas da Emalsa

Para atingir os seus objectivos em termos de qualidade e quantidade de fornecimento, a gestão desta extensa rede de infra-estruturas procura constantemente o equilíbrio entre a protecção do ambiente e o desenvolvimento social e económico, o que exige elevados níveis de eficiência que não podem ser alcançados sem um adequado processo de transformação digital. A utilização destas tecnologias permite a otimização do sistema hidráulico, disperso numa área geográfica de orografia intrincada.

Melhorar a eficiência do serviço de abastecimento, abastecer o utilizador com água potável de qualidade e garantir a resiliência dos sistemas através deste salto tecnológico, Faz parte dos compromissos de Responsabilidade Social Corporativa e das Ações Estratégicas da própria Emalsa.

No entanto, um dos principais obstáculos enfrentados pelas empresas gestoras de água é justamente a enorme quantidade de informações geradas nos diferentes sistemas, tornando necessário ter uma ferramenta que receba e valide continuamente os dados relevantes, transformando-os em informações baseadas em resultados analíticos para apoiar a tomada de decisões em todos os níveis. É aqui que entra a implementação da inteligência artificial na gestão do serviço de abastecimento em Las Palmas.

Eloise Schuman

"Fã de café. Especialista em viagens freelance. Pensador orgulhoso. Criador profissional. Organizador certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.