García de Mateos e Jurado reentram com o pelotão

O ciclista português João Matias (Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados) venceu este sábado a segunda etapa da Volta a Portugal, que partiu de Badajoz, enquanto o português Rafael Reis (Glassdrive/Q8/Anicolor) continua na liderança um dia antes de subir a decisivo Alto da Torre. Por sua vez, chegaram com o pelotão os argamasillero Vicente García de Mateos (Aviludo Louletano) e Pedroteño Marcos Jurado (Electro Hiper Europa). Em geral, García de Mateos é de 31 a 25 segundos, enquanto Jurado é de 38 a 28 segundos.

Matias venceu o sprint numa etapa de 181,5 quilómetros entre Badajoz e Castelo Branco, em que o pelotão chegou à meta em conjunto, com o tempo de 4 horas, 42 minutos e 21 segundos.

Completaram o pódio o americano Scott McGill (Wildlife Generation), vencedor da primeira etapa, e o uruguaio Mauricio Moreira (Glassdrive/Q8/Anicolor).

Rafael Reis mantém a vantagem que conquistou no contrarrelógio do prólogo e vestirá a camisa amarela por mais um dia, com uma margem de nove segundos sobre o companheiro de equipe Mauricio Moreira.

A terceira etapa da “Grandíssima” realiza-se este domingo, com 159 quilómetros entre a Sertã e a Covilhã e a chegada no Alto da Torre, porto de categoria especial e ponto mais alto de Portugal Continental.

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.