Espanha é jogada contra a Suíça dependendo de si mesma para avançar na Liga das Nações

A Espanha volta à cena em partida oficial para enfrentar a Suíça no penúltimo dia da fase de grupos da Liga das Nações. Jogo a ser disputado neste sábado em Saragoça a partir das 20h45

A equipa espanhola depende de si para avançar para as meias-finais já que é a líder do grupo A2 com oito pontos, mais um que Portugal, que vai visitar em Braga no último dia. No entanto, estará novamente na fase final sem precisar chegar a esse último jogo se derrotar a Suíça neste sábado em La Romareda e a seleção portuguesa cair em Praga contra uma República Tcheca que ele ainda pode entrar na luta e até mesmo cair.

A Suíça não é um rival ruim em termos estatísticos. Na verdade, ele colhe um empate em oito visitas a Espanha, com até 75 por cento das vitórias (18 em 24 jogos)para os espanhóis, que só perderam uma vez, na África do Sul, no primeiro jogo de ‘La Roja’ a caminho do primeiro Mundial.

No jogo, muitos olhos estarão no bético Borja Iglesias que, juntamente com Nico Williams, estreia em convocatória e vai lutar, como o melhor atacante espanhol até agora nesta temporada, para conquistar uma vaga na Copa do Mundo no Catar.

Luis Enrique tem todos os seus jogadores convocados sem contratempos físicos e, portanto, poderá ter seu onze de gala para se comparar aos de Murat Yakin, treinador da Suíça, que elogiou a seleção espanhola. “Eu realmente aprecio o trabalho de Luis Enrique na equipe espanhola, seu compromisso com os jovens jogadores e o jogo que eles jogam, é muito atraente. Ele conseguiu uma equipe brilhante do ponto de vista técnico”, analisou Yakin.

Cedric Schmidt

"Amante de café irritantemente humilde. Especialista em comida. Encrenqueiro apaixonado. Especialista em álcool do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.