Deixar Cristiano no banco sai caro; Fernando Santos é despedido de Portugal

15 de dezembro de 2022 – 12:12

┃ Abril Villegas

Fernando Santos deixou o cargo de diretor técnico de Portugal. Foto: AFP

Depois de perder nas quartas de final contra o Marrocos, Fernando Santos Ele deixou de ser o técnico de Portugal após oito anos no cargo e uma série de polêmicas após não ter titular Cristiano Ronaldo nas oitavas de final e quartas de final da Copa do Mundo de 2022 no Catar.

VOCÊ GOSTARIA DE: Karim Benzame: ele vai ou não viajar para o Catar para a final? o que é conhecido

Santos passou oito anos no comando dos portugueses e ao não avançar para as semifinais, foi apontado como o principal autor do fracasso do time lusitano e foi muito criticado por suas táticas.

Fernando Santos chegou à seleção nacional em 2014ele comandou 109 jogos, onde os levou a vencer a Eurocopa em 2016 e a Liga das Nações da UEFA em 2018-2019.

Após a eliminação pelas mãos de Marrocos, os meios de comunicação portugueses noticiaram que foi feito um acordo entre a federação de futebol daquele país, a FPF, e o Santos chegaram a um acordo que já foi oficializado.

O Santos tinha contrato com o Seleção Lusitana até 2024, mas as críticas ao treinador multiplicaram-se e cresceram as vozes que pediam o seu afastamento do cargo.

GEOGINA RODRÍGUEZ, IRMÃS DE CRISTIANO E LUIS FIGO, ACUSAM SANTOS DA ELIMINAÇÃO DE PORTUGAL

após exclusão de Portugal no Mundial do Qatar 2022, as personalidades apelaram à saída de Fernando Santos, que apontou ter sido ele o responsável pelo facto dos lusitanos não terem avançado mais no Mundial.

Receba todas as nossas novidades esportivas pelo WhatsApp, mande a palavra ALTO neste link


Cedric Schmidt

"Amante de café irritantemente humilde. Especialista em comida. Encrenqueiro apaixonado. Especialista em álcool do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *