Copa do Mundo no Qatar 2022, últimas notícias ao vivo | Fernando Santos comunicou a sua substituição a Cristiano Ronaldo: “Ele disse-me: achas que é uma boa ideia?” | Copa do Mundo Catar 2022

Tite: “Alegria é a identidade do futebol brasileiro”

O seleccionador do Brasil, Tite, insistiu que “a alegria é a identidade do futebol brasileiro”, pelo que sublinhou que dançar na comemoração de um golo faz parte da sua “cultura” e “não menospreza ninguém”, pelo que asseguro que se ela tiver que dançar de novo, ela dançará.

“Alegria é a identidade do futebol brasileiro, não sou eu, é a geração que acabou de surgir. Damos confiança para eles darem o melhor de si. Sob tanta pressão, tem que ter coragem de jogar assim, mesmo que você corre o risco de se machucar. É o tipo de futebol que eu acredito, embora haja críticas se você não ganhar o título. Mas é para frente, é o que nós acreditamos”, comentou Tite sobre o modelo de jogo do Brasil.

O treinador também valorizou as críticas às comemorações dos cariocas, dançando a cada gol marcado, algo que para Tite faz parte “da história, da cultura e do modo de vida do Brasil”. “Não é meu time, é a seleção brasileira, que eu tenho a responsabilidade de treinar. Respeito a cultura e meu jeito de ser, o time que eu trabalho. Muitas crianças também vão dançar porque é a cultura brasileira, uma cultura que ele não vai menosprezar ninguém. É o nosso jeito de ser”, completou.

E é que Tite destacou a “ligação” que tem com os mais novos, o que o levou a participar na comemoração do 3-0 frente à Coreia do Sul. “Tenho 61 anos, mas tenho aquela ligação com jogadores que poderiam ser meus netos. a pintura, quando é pintada, é do jogador de futebol que tenho que ensaiar mais, eu sei”, brincou.

O treinador, que adiantou que vai decidir no treino se o lateral Alex Sandro está disponível para os quartos-de-final, esta sexta-feira, frente à Croácia, relembrou a figura de Pelé. “Desejo-lhe muita saúde. Ele é uma inspiração para todos nós. Ele faz o que a Copa do Mundo tem mostrado, com solidariedade, convivência harmoniosa, torcida unida, aceitação das diferenças. Pelé, como ser humano, como o maior de todos , e o esporte como veículo de comunicação, inspira a todos”, elogiou a lenda, internada em um hospital de São Paulo.

Joseph Salvage

"Fanático hardcore de mídia social. Propenso a ataques de apatia. Criador. Pensador. Guru dedicado da web. Aficionado por cultura pop. Solucionador de problemas."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *