Conheça a região mais alternativa de Portugal na água

A região portuguesa do Alentejo, que se destaca por ser um ambiente natural idílico, tem seis estações náuticas espalhadas pelo litoral e interior.

São Avis, Alandroal, Monsaraz, Moura, Sines e Odemira.

Alentejoa maior região do país português e uma meca da viagem lentatem muito para oferecer ao viajante: um ambiente natural que se destaca pela sua riqueza e diversidade, a sua gastronomia, as suas tradições e costumes, ou a sua cultura e património são alguns dos seus atractivos inegáveis.

Mas para quem quer desfrutar de uma experiência diversificada, o Turismo de Alentejo apresentou recentemente a Rede de Estações Náuticas del Alentejo, que inclui seis enclaves espalhados pelo litoral e interior: Avis, Alandroal, Monsaraz, Moura, Sines e Odemira.

Para tornar a viagem uma experiência extraordinária, a Rede de Estâncias Náuticas do Alentejo reúne um conjunto de parceiros que prestam serviços que vão além das atividades náuticas, como alojamento, restauração, animação, atividades culturais e turísticas.

O setor náutico não só entende o mar

Quem disse que você precisa de um mar para desfrutar de umas férias refrescantes? Exemplo disso é a Estação Náutica Moura-Alqueva, que, graças ao trabalho da sua associação de entidades públicas e privadas, oferece ao viajante diversas actividades de lazer e desporto na conhecida albufeira do Alqueva.

Assim, para além dos passeios de barco no lago, os viajantes têm a oportunidade de desfrutar de outras atrações da zona, como ver as estrelas no observatório Dark Sky Alqueva, imperdível em noites claras.

Ainda no perímetro do Alqueva, a Estação Náutica do Alandroal é composta por três zonas de recreio e lazer (Juromenha, Águas Frias – Rosário- e Azenhas D’El Rei – Montejuntos). Aqui, para além da recém-inaugurada praia fluvial das Azenhas d’el-Rei, há várias exposições gastronómicas locais e festivais para lamber os dedos.

Mais aventureiras são as atividades da Estação Náutica de Avis, onde se pode praticar rafting, canyoning suave, canoagem, bem como passeios de barco ou safaris fluviais.

O de Monsaraz, que se destaca pela qualidade dos seus serviços e diversidade, organiza-se em torno das atividades náuticas de Reguengos de Monsaraz. Aqui, por exemplo, realiza-se o Campeonato Europeu de Windsurf de Fórmula, bem como as festas de San Antonio ou o festival do Cante Alentejano, um marco na visita à região.

Estações náuticas em uma das costas mais bem preservadas da Europa

Com quase 200 quilómetros de costa, o Alentejo é um dos mais bem preservados e protegidos da Europa. E a beleza desse ambiente natural não tem nome. Aqui estão localizadas duas estações náuticas: Sines e Odemira.

Sines, uma referência para o surf no Alentejo, tem muito mais para oferecer do que apenas ondas perfeitas. O mergulho, por exemplo, é um dos pontos essenciais na visita à zona, assim como as regatas ou a sua deliciosa gastronomia (incluindo um vinho produzido no fundo do mar), que também se destaca em diferentes festivais e provas.

Mais a sul, a estação náutica de Odemira compreende três pólos ao longo do rio Mira: os pólos náuticos de Vila Nova de Milfontes, Odemira e Albufeira de Santa Clara. Este destino é perfeito para surf, canoagem, passeios de barco, pesca esportiva.

Expressar. Elaboração. JR

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *