Civis russos enfrentam discriminação na Europa devido à guerra na Ucrânia

Os russos que vivem na Europa têm enfrentado discriminação e hostilidade desde o início da guerra na Ucrânia, na semana passada.

Alemanha

Um cidadão russo residente no estado alemão de Saarland alegou que foi demitido apenas por causa de sua nacionalidade.

Além disso, Anna Netrebko, uma cantora de ópera russa, foi forçada a cancelar várias de suas apresentações na Europa depois de ser duramente criticada por seu bom relacionamento com o presidente Vladimir Putin.

As marcas de varejo alemãs Rewe, Penny, Aldi e Netto, por sua vez, decidiram não vender produtos fabricados na Rússia e anunciaram que os produtos alimentícios retirados das prateleiras seriam doados a grupos de caridade em etapas.

Um restaurante na cidade de Bietigheim-Bissingen, no sudoeste da Alemanha, por sua vez, anunciou que não atenderá mais clientes com passaportes russos.

“Estamos cientes de que cidadãos russos comuns não são culpados pelas ‘ações criminosas’ do governo, mas é hora de fazer uma declaração. Esta é nossa contribuição para garantir uma Europa pacífica para nossos filhos”, disse o restaurante em um comunicado.

No entanto, a ação do restaurante foi condenada em toda a Alemanha, obrigando-o a se retratar.

Itália

A Universidade Milano-Bicocca, na província italiana de Milão, em meio a polêmica, cancelou um curso do escritor italiano Paolo Nori sobre Fyodor Dostoyevsky, o mundialmente famoso autor russo de Crime e Castigo.

Mais tarde. a administração da universidade restabeleceu o curso de Nori sobre Dostoiévski após receber duras críticas.

A mídia italiana noticiou que a ministra da Universidade e Pesquisa do país, Maria Cristina Messa, afirmou que foi uma decisão sábia da administração da universidade revisar e restabelecer o curso.

Por outro lado, o maestro russo Valery Gergiev foi afastado da Ópera La Scale de Milão por se recusar a tomar posição contra as ações de Moscou na Ucrânia.

Em 28 de fevereiro, o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, que também atua como diretor da Ópera, anunciou que não acredita que Gergiev conduzirá a apresentação de 5 de março.

Portugal

Os russos residentes em Portugal também denunciam comportamentos hostis desde o início da guerra.

Um usuário de mídia social compartilhou a foto de uma placa em frente a um restaurante em Portugal que diz: “Não servimos russos”.

Anna Pogrebtsova, diretora da Pushkin, associação russa em Portugal, disse ao jornal Expresso que recebe telefonemas ameaçadores, na sua maioria de cidadãos ucranianos residentes no país.

“Todos os agressores russos têm que morrer”, foi uma das mensagens que teria recebido.

Espanha

No sábado, um mecânico ucraniano tentou afundar o iate de seu patrão russo na Espanha. Taras Ostapchuk disse ao jornal local Ultima Hora que decidiu destruir o iate Lady Anastasia depois de ver imagens de um míssil russo atingindo um prédio de apartamentos na capital ucraniana Kyiv, que ele pensava ser o seu.

Ele afirmou que Alexander Mikheev, chefe da empresa estatal de exportação de armas Rosoboronexport, é o proprietário do luxuoso navio de 7 milhões de euros.

“Meu chefe é um criminoso que vende armas que estão matando ucranianos”, disse ele, acrescentando: “Não me arrependo do que fiz e faria de novo.”

Sua tentativa falhou e ele foi pego pela polícia. Apesar de sua confissão, as autoridades espanholas o libertaram.

Noruega

Um caminhão que vendia manteiga russa no Holmenkollen Ski Festival perto de Oslo foi vandalizado.

Stefan Marx, diretor do festival, indicou que o caminhão era propriedade pública e que estava chateado com o vandalismo.

Por outro lado, foi relatado que os atletas da seleção russa de saltos de esqui, que estavam no país, receberam ameaças.

Alexander Stockl, técnico da seleção norueguesa, disse à emissora pública NRK que os atletas russos receberam repetidas ameaças na Noruega.

Os atletas não compartilham da opinião do governo russo, disse Stockl, observando que acredita que eles deveriam poder retornar ao seu país de origem com segurança.

*Traduzido por Aicha Sandoval Alaguna.


O site da Agência Anadolu contém apenas uma parte das notícias oferecidas aos assinantes no AA News Broadcasting System (HAS) e em forma resumida.

Calvin Clayton

"Encrenqueiro incurável. Explorador. Estudante. Especialista profissional em álcool. Geek da Internet."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *