Cinco primeiras estrelas para Portugal, que vai ter gala Michelin própria – Ao Vivo

Portugal continua sem restaurante com três estrelas e no Guia Michelin Espanha e Portugal 2023, apresentado esta terça-feira em Toledo (centro da cidade), também não conseguiu aumentar a sua listagem de duas estrelas, mas há cinco que conseguem a primeira ‘brilhar’ e Foi anunciado que em 2024 o país português vai ter a sua própria gala de apresentação.

Os restaurantes que integram o guia com uma nova estrela e que “apresentam forte influência da cozinha japonesa”, segundo o guia, são o Encanto, o Kabuki Lisboa e o Kanazawa, todos os três na capital, e o Euskalduna Studio e o Le Monument, na Porto.

A Mesa de Lemos (Passos de Silgueiros) também conquistou a estrela verde da sustentabilidade, com a qual existem três estabelecimentos e os que a detêm.

No total, o Guia Michelin 2023 enumera sete restaurantes com duas estrelas para Portugal, 31 com uma, 38 com a categoria Bib Gourmad, que reconhece a boa relação qualidade/preço, e 91 recomendados pela qualidade da sua cozinha.

Durante a gala, a diretora internacional dos Guias Michelin, Gwendal Poullennec, anunciou que a seleção dos restaurantes de Espanha e Portugal para a edição de 2024 será realizada em duas provas distintas, uma para Espanha e, pela primeira vez, outra apenas para Portugal. .

“Com isto, o Guia Michelin pretende celebrar e valorizar a crescente excelência do panorama gastronómico português”, para além de “contribuir para a promoção de Portugal como destino gastronómico europeu incontornável”, acrescentou.

Darcy Franklin

"Amante da TV. Ninja da música. Fanático por viagens amador. Fã de bacon. Evangelista de comida amigável. Organizador freelance. Fanático certificado pelo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *