As Filipinas comprarão aeronaves dos EUA em vez da Rússia

O presidente das Filipinas, Ferdinand Marcos Jr., apoiou na quinta-feira a decisão de seu antecessor de cancelar um acordo para a aquisição de 16 helicópteros militares russos de carga pesada, anunciando que seu governo “garantiu um fornecimento alternativo dos Estados Unidos”.

Em entrevista coletiva, Marcos Jr. disse que o governo filipino vai negociar para recuperar parte do pagamento inicial feito à fabricante de aeronaves russa.

É a primeira vez que o presidente filipino, que assumiu o cargo em junho, comenta publicamente a delicada questão envolvendo a Rússia. Seu antecessor, Rodrigo Duterte, assinou um acordo para comprar os helicópteros russos Mi-17, mas decidiu cancelar o contrato antes de terminar seu mandato por medo de possíveis sanções ocidentais.

“Acho que o governo anterior já havia determinado que esse acordo não vai continuar, não vai continuar”, disse Marcos Jr. o acordo. compra de helicópteros

“Garantimos um abastecimento alternativo dos Estados Unidos”, acrescentou o presidente. Sem dar mais detalhes, ele disse que a aeronave americana a ser encomendada pelas Filipinas será fabricada na Polônia.

O embaixador de Moscou em Manila, Marat Pavlov, disse a repórteres na quarta-feira que o governo filipino não notificou oficialmente a Rússia sobre sua decisão de cancelar o pacto e que uma empresa russa já havia começado a fabricar os helicópteros Mi-17. depois que as Filipinas fizeram um adiantamento.

Darcy Franklin

"Amante da TV. Ninja da música. Fanático por viagens amador. Fã de bacon. Evangelista de comida amigável. Organizador freelance. Fanático certificado pelo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *