Argentina treinou, mas Scaloni não deu pistas sobre o time | Novo Jornal da Web

O elenco da seleção argentina completou hoje um novo treino antes do jogo de quarta-feira contra a Polônia com Lionel Messi junto com alguns companheiros e com um clima de alegria semelhante ao dos dias anteriores à estreia no Mundial do Catar 2022 .

O diretor técnico Lionel Scaloni tinha os 26 jogadores disponíveis, mas como aconteceu na anterior no México, vai demorar mais um dia para definir a seleção que enfrentará a Polônia na quarta-feira a partir das 16h no estádio 974.

A vitória frente ao México (2-0) representou bem mais do que os primeiros três pontos para a “albiceleste” no grupo C, já que o plantel se libertou e recuperou a alegria que se sentia no ambiente nos dias que antecederam a fatídica estreia com derrota contra a Arábia Saudita.

O treino foi à porta fechada mas a AFA divulgou várias imagens dos jogadores a treinar com uma cara muito mais relaxada e alegre.

Na equipa técnica consideram que dias como o que tiveram no domingo com a visita de familiares e amigos, que culminou com o tradicional churrasco, podem por vezes ser mais do que um treino.

No entanto, Scaloni, Walter Samuel, Pablo Aimar, Roberto Ayala e Matías Manna não perdem quase duas horas diárias de trabalho em campo com os jogadores, tirando conclusões que depois são debatidas em reuniões internas do grupo.

O treino agendado para as 18h00 de Doha (12h00 na Argentina) incluiu o habitual aquecimento sob as ordens do preparador físico Luis Martín e com os quatro guarda-redes separados, juntamente com Damián Albil e Martín Tocalli.

Posteriormente, Scaloni organizou exercícios com bola para trabalhar a posse e definição e partidas de futebol em espaços reduzidos.

Lionel Messi, que jogou mais de 180 minutos nas duas primeiras partidas, vestiu um babador laranja, como Ángel Di María, e participou de todos os treinos normalmente.

Enzo Fernández, Lisandro Martínez, Alexis Mac Allister e Julián Álvarez dividiram a equipe amarela.

Scaloni ainda não deteve uma provável equipa e só amanhã poderá esclarecer as dúvidas que rondam desde que terminou a importante vitória frente à equipa comandada por Gerardo Martino.

As mudanças que estão surgindo são a entrada de Fernández, autor do grande gol pelo 2 a 0, e a volta à titularidade de Nahuel Molina por Gonzalo Montiel na lateral direita.

Na análise da partida, o técnico santafeense e seus colaboradores mostraram-se satisfeitos com a atuação de Alexis Mac Allister e não está descartado que ele possa continuar entre os titulares.

Essa posição de meia-esquerda interna que deixou Giovani Lo Celso ausente por lesão é aquela em que a comissão técnica mais fez variações já que quatro jogadores por ali passaram em dois jogos: Alejandro Gómez, Julián Álvarez, Mac Allister e Exequiel Palacios .

Enquanto isso, Leandro Paredes, Enzo Fernández, Guido Rodríguez e novamente o ex-River Plate e atual jogador do Benfica de Portugal já atuaram como meio-campo central.

Para definir a equipe, Scaloni também levará em conta as principais características da Polônia, seleção que variou em sistema e nomes nas duas primeiras partidas do Mundial do Catar 2022.

Contra o México deixou Robert Lewandowski sozinho na frente e contra a Arábia Saudita utilizou outro atacante de grande porte físico como Arkadiusz Milik (1,86 metros) que joga na Juventus com Di María e Paredes.

O setor esquerdo da defesa também deve ficar atento às contratações do lateral-direito Matty Cash, companheiro de Emiliano Martínez no Aston Villa.

A seleção volta a treinar amanhã, a partir das 13h30, na Universidade de Doha, com os primeiros quinze minutos abertos à imprensa.

Anteriormente, a partir das 10h15, Lionel Scaloni e um jogador a confirmar (já passaram Messi e Lautaro Martínez) falarão em conferência de imprensa no Doha Media Center.

A Argentina (3) precisa vencer a Polônia (4) para se classificar para o primeiro lugar do grupo C e enfrentar a segunda do grupo D nas oitavas de final.

A outra saída é empatar e torcer para que o México (1) não vença a Arábia Saudita (3) na partida que será disputada simultaneamente no estádio Lusail.

Miranda Pearson

"Organizador. Introvertido. Fanático certificado pela internet. Beeraholic. Fã de álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *