A UEx coordena um projeto europeu que visa promover a vida autónoma dos idosos através da tecnologia

BADAJOZ, 28 (EUROPE PRESS)

A Universidade da Extremadura (UEx), através do grupo de investigação Robotics and Artificial Vision (RoboLab) da Escola Politécnica, lidera o projeto europeu Euroage2, focado na promoção de uma vida autónoma saudável, principalmente entre os idosos, mas também entre as pessoas dependentes, através da integração de tecnologias e conhecimentos transfronteiriços.

Outras instituições também participam neste projeto, como o Centro de Cirurgia Minimamente Invasiva Jesús Usón, o Instituto Politécnico de Castelo Branco, o Cluster Sócio-Sanitário da Extremadura e o Instituto Politécnico da Guarda.

O projeto de cooperação transfronteiriça Euroage foi desenvolvido pela primeira vez no período de programação 2014-2020 e participaram cerca de 200 investigadores, engenheiros e profissionais de saúde.

O projeto Euroage realizado entre Espanha e Portugal disponibiliza diferentes ferramentas para promover o envelhecimento ativo através da atividade física, cognitiva e socioemocional, com o objetivo principal de melhorar a qualidade de vida das pessoas e aumentar a esperança de vida saudável.

O professor da Escola Politécnica da UEx e coordenador e investigador principal do Projeto Euroage2, Pedro Núñez, salientou que através desta iniciativa pretende-se desenvolver um conjunto de experiências, através da integração de diferentes ferramentas tecnológicas para melhorar a qualidade da vida das pessoas vida e aumentar a expectativa de vida saudável.

Assim, indicou que o grupo beneficiário é composto por profissionais da assistência e qualidade de vida, e usuários desses profissionais, como idosos e em situação de dependência.

Mas além disso, explica o pesquisador, com a implantação dessas ferramentas nos centros, haverá apoio contínuo dos técnicos e profissionais do consórcio com o duplo objetivo de, por um lado, recapitular dados que valorizem a proposta no que diz respeito à robustez das ferramentas, bem como à sua aceitação por parte dos utilizadores e profissionais; por outro lado, fornecer aos profissionais e usuários o suporte contínuo necessário à atualização dos conteúdos.

O Euroage2 é cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional através da sexta convocatória do programa Interreg VA Espanha-Portugal (Poctep) e tem uma duração de 18 meses, de acordo com a UEx em comunicado de imprensa.

Eloise Schuman

"Fã de café. Especialista em viagens freelance. Pensador orgulhoso. Criador profissional. Organizador certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.