A inovação tecnológica que Luis Enrique implementou na seleção espanhola e causou furor nas redes sociais

A tecnologia que Luis Enrique na equipe espanhola

A tecnologia no futebol não para de avançar em busca de alcançar o máximo desempenho possível dos jogadores. A mais recente inovação em práticas foi o produto da seleção de Espanha ao implementar pequenos walkie talkies que se prendem ao colete que normalmente detém o GPS para medir os quilômetros percorridos pelos protagonistas. Com Luis Enrique como principal impulsionador da ideia, a preparação para o Mundial é uma realidade para a seleção europeia.

Antes do início das atividades na terça-feira, o técnico explicou a modalidade. “Eles vão ouvir a voz do senhor aqui. Espero não gritar muito porque não estou acostumada a ver as pessoas de longe e falar baixinho. Mas dar-lhes ordens e instruções sobre possíveis variações sem sair da minha garganta. Nós tentamos, espero que nos ajude muito, que possa ajudar você. Alguns de vocês podem até ouvir, não precisam fazer nada e aqui o pai vai sair por trás”, explicou o treinador diante dos olhares de todo o plantel.

O vídeo então mostrava um resumo do As indicações de Enrique para alguns convocados como Koke, Álvaro Morata, Gavi, Rodri, entre outros. o Fúria se prepara para enfrentar suíço em 24 de setembro já Portugal no dia 27 do mesmo mês para encerrar a fase de grupos do Liga das Nações da UEFA. Com oito unidades, Espanha mantém-se no topo da classificação Grupo A2 e sonha em defender o primeiro lugar que o classificará para as semifinais do certame.

Será a primeira Copa do Mundo de Luis Enrique como técnico da Espanha (Foto: Reuters)

Além disso, ele acertou um amistoso contra Jordânia em 17 de novembro como a última etapa antes de participar da Copa do Mundo Qatar 2022, onde forma o Grupo E ao lado Costa Rica, Alemanha Y Japão. Será a primeira Copa do Mundo como técnico de Luis Enrique, depois de dirigir 181 jogos no FC Barcelona e assumir na seleção nacional em julho de 2018, poucas semanas após a eliminação da Espanha nas oitavas de final da Rússia 2018 pelas mãos do país organizador.

Há alguns meses, o diretor técnico foi incentivado a apresentar seus candidatos ao maior evento do futebol. Argentina. Eu a vejo acima do resto… E o Brasil também. Mais do que tudo porque aí vem um meio de comunicação brasileiro e fala ‘eles viram a Argentina melhor que o Brasil’. Não importa o que você diga, porque será deturpado. Argentina e Brasil, mas bem acima do resto”, desabafou.

CONTINUE LENDO:

Eloise Schuman

"Fã de café. Especialista em viagens freelance. Pensador orgulhoso. Criador profissional. Organizador certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *